O presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, e o vice, Lásaro Cândido, estiveram com Alejandro Dominguez, mandatário da Conmebol, para alinhar as relações do clube com a entidade

O presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, e o vice, Lásaro Cândido, estiveram com Alejandro Dominguez, mandatário da Conmebol, para alinhar as relações do clube com a entidade- (Reprodução)

Valinor Conteúdo
20/06/2019
16:47
Belo Horizonte

O Atlético-MG teve uma relação tensa com a Conmebol no ano de 2019, O Galo foi multado seis vezes durante a disputa da Copa Libertadores por quebra de regulamentos da competição no que se refere à publicidade e exibição de marcas que não eram liberadas pela entidade, como escudo e nome do América-MG, que estão inscritos no Independência, além do uso incorreto dos patchs do torneio que “disputavam” espaço com um patrocínio do clube,

Todas as punições geraram ao clube um prejuízo de R$ 260 mil que foram descontados da cota de TV a que teve direito pela participação na Libertadores. Outro quiprocó entre o alvinegro e a Conmebol foi pelo suposto atraso na entrega da lista de inscritos para jogar a fase pré-grupos, fato que foi resolvido com a CBF assumindo que o erro foi dela no envio da relação dos jogadores de equipes brasileiras.

Apesar das rusgas, a direção do clube mineiro fez um gesto de aproximação com a Conmebol. No duelo entre Argentina e Paraguai, disputado no Mineirão, na noite de quarta-feira, 19 de junho, o presidente Sérgio Sette Câmara, o vice, Lásaro Cândido, entregaram uma camisa do Galo para Alejandro Domínguez, presidente da entidade, mostrando que o clube está disposto a estreitar relações com as pessoas que comandam o futebol sul-americano.

-Em nome do presidente Sérgio Sette Câmara, o vice-presidente Lásaro Cândido da Cunha entrega ao presidente da CONMEBOL.com, Alejandro Domínguez, a nova camisa do #Galo, feita pela le coq sportif- dizia uma postagem no Facebook do clube.

A reações dos torcedores foram mais contrária ao gesto, pelas recentes punições ao clube na Libertadores. A maioria dos comentários era de contrariedade por se aproximar da entidade.