Leonardo Silva - Atlético-MG

O experiente jogador tinha contrato até  o fim do mineiro,mas deve ter prorrrogação do vínculo até o fim da temporada-Foto: Divulgação Atlético-MG

Valinor Conteúdo
22/03/2019
17:20
Belo Horizonte

O Atlético-MG está prestes a estender o contrato do zagueiro Leonardo Silva até o fim de 2019. Com vínculo até o fim do Mineiro, o zagueiro deve inclusive encerrar a carreira após o fim desta temporada. O diretor de futebol do Galo, Marques, disse que Léo Silva terá as portas abertas para trabalhar na base atleticana quando parar de jogar.

- Na semana passada ou retrasada, junto com o presidente Sette Câmara e o Lásaro Cunha, o chamamos para uma prorrogação de contrato até o final do ano. Há uma ideia de que o Léo, assim que encerre o seu ciclo dentro do campo, assim como eu. O clube assumiu as portas para ele assumir a base do Atlético assim que encerre, continuará conosco por muito tempo – disse Marques em entrevista à Rádio 98FM.

Mas não é apenas um novo contrato de Leonardo Silva que movimenta os bastidores do alvinegro de Minas. O Galo desistiu de contratar o volante do Red Bull Brasil, Jobson, destaque da equipe de Campinas no Campeonato Paulista. Marques disse que o empresário do jogador está fazendo leilão, pois além do Galo, o Santos demonstrou interesse em contar com o atleta de 23 anos.

-No futebol, tem muitos empresários que são realmente muito sérios, mas a maioria é de difícil trato. Os caras jogam, fazem leilão, e em leilão o Atlético não vai entrar nunca. O empresário oferece para o Atlético e para outros 30 clubes. Quer jogar com isso, aí é complicado. Muitas vezes o atleta tem potencial, mas não se ouve o que o atleta quer, e a gente perde uma situação porque não vamos entrar em leilão de forma alguma. Então, exatamente o Atlético desistiu de Jobson-- disse Marques.

Alerrandro valorizado

A boa fase do jovem atacante Alerrandro, artilheiro do Campeonato Mineiro, com oito gols, tem despertado o interesse de outros clubes. Segundo o diretor de futebol do Galo, Marques, o Atlético-MG recebeu algumas sondagens pelo avante, de 19 anos. Porém, Marques afirmou que não houve nenhuma proposta oficial pelo jogador.

- Tivemos algumas sondagens pelo Alerrandro. Muitas situações superficiais ainda. Sondagens. Pessoal começa a perguntar. Está fazendo gols importantes, tem tido uma presença de área importante para nós no Mineiro. E a gente quer que ele prospere, que continue jogando bem, aí coisas boas vão aparecer para ele e para o Atlético também-afirmou o dirigente.

Negociações com Elias paradas

Na mesma entrevista, Marques relatou sobre o andamento das negociações com o volante Elias, que, segundo o dirigente atleticano estão paralisadas. O clube e o jogador tentam abrir conversas desde o início do ano, já que o contrato do jogador termina em janeiro de 2020 e no meio do ano, Elias poderá assinar com outro clube um pré-contrato.

- No início do ano teve a procura do Internacional que, no momento, a proposta para o Atlético não foi interessante para que houvesse um andamento na situação. Ele ficou, está inscrito na Libertadores, contamos com ele. Nos últimos dias houve uma ideia inicial para que a gente pudesse sentar para discutir um novo contrato, que não avançou. Está trabalhando com a seriedade que lhe é peculiar, então seguimos assim. A gente, inicialmente, buscou contato para tentar buscar acordo e estamos trabalhando em cima disso. São negociações, são assim. Não é na primeira conversa que as coisas se resolvem-explicou

Marques foi questionado se o Galo tem interesse em seguir com Elias no elenco, mas se limitou a dizer que o clube está aberto às negociações.
- O Atlético quer conversar com o agente, com o atleta, está aberto à negociação para dar continuidade. É um atleta do Atlético, ativo nosso, o que o clube valoriza também.Para tirar um jogador do Atlético, a proposta tem que ser boa. Ela não aconteceu, vida que segue, ele tem trabalhado conosco junto com os outros atletas, que o respeitam muito-concluiu.