A sinergia entre torcida e jogadores pôde ser vista em campo em um dia de festa para o atleticano

A sinergia entre torcida e jogadores pôde ser vista em campo em um dia de festa para o atleticano-Bruno Cantini/Atlético-MG

Valinor Conteúdo
24/03/2019
18:22
Belo Horizonte

O Atlético-MG saiu vencedor do confronto com o Tupynambás e vai às semifinais do Campeonato Mineiro. Os 3 a 1 do placar foram mais importantes para a equipe do que o volume de gols do Galo. O desempenho em campo mostrou uma evolução em um item muito criticado nos últimos tempos: a queda de produção do time na etapa final de jogo.

O capitão do Galo, Réver, destacou essa evolução e afirmou que conseguir manter o bom nível de produção no segundo tempo é um caminho para a equipe conseguir sair de campo mais vezes vencedora.

-O importante para a equipe agora é buscar manter esse padrão de jogo nos segundos tempos que fizermos daqui para frente, que nos dará mais força de sair de campo com um resultado positivo-disse Réver.

Réver comentou inclusive como mudar a postura em campo na etapa final pode ser importante para a reversão do mau momento do time na Libertadores da América. O Atlético-MG é o lanterna do Grupo E, perdendo as duas primeiras partidas da competição, enquanto Cerro Porteño e Nacional-URU estão com seis pontos na tabela.

- Temos de ir jogo a jogo. Sabemos que nossa situação na Libertadores não é das melhores, mas temos a chance de mudar esse quadro, pois dependemos de nós para conseguir os resultados na Libertadores como vem acontecendo no Mineiro-concluiu.

Torcedor e time em harmonia
Para o lateral-esquerdo Fábio Santos, a vaga na semifinal se consolidou com a parceria entre time e torcida, que lotou o Mineirão.

-A gente fica feliz por voltar ao Mineirão. O apoio do nosso torcedor é fundamental. Sempre forte quando a gente se junta com o torcedor e demos um passo importante com a vaga na semifinal.