Denilson

Denílson fez apenas oito jogos pelo clube e não marcou nenhum gol pelo Galo - Foto: Bruno Cantini / Divulgação / Atlético-MG

Valinor Conteúdo
05/12/2018
18:22
Belo Horizonte

Com contrato até 2023, o atacante Denílson pode deixar o Atlético-MG em 2019. O jogador, que fez apenas oito partidas pelo alvinegro em 2018, não figura nos planos de Levir Culpi para o ano que vem.

Segundo o seu agente, Fred Moraes, há sondagens pelo jogador de clubes da Ásia e do futebol brasileiro. A Reportagem tentou contato com Fred, mas ele não retornou os contatos do L! sobre o futuro do jogador de 23 anos, mas deu uma declaração ao site Globoesporte.com.

- Ainda não conversei com o Atlético sobre isso. Acabamos de levar o Denilson para o Atlético, com cinco anos de contrato. Entendemos que ele foi muito pouco utilizado, não da maneira que a gente achava ideal. Temos algumas sondagens da Ásia, nada concreto ainda, o mercado ainda não aqueceu totalmente para o lado de lá. E também temos sondagens aqui do Brasil, mas não é nossa prioridade, disse

O agente de Denílson revelou que esperava que o jogador atuasse mais no clube, mesmo sabendo que ele poderia entrar pouco em campo, o que de fato aconteceu.

- Quando ele saiu do Vitória, o Denílson sabia que talvez não fosse jogar muito, mas não imaginava que seria tão pouco. Era um jogador que vinha jogando todas, estava com 11 gols no ano. Foi uma decisão que tomamos no momento e temos que reequilibrar. Ele estava jogando todas no Vitória. Praticamente, jogou os seis primeiros meses de 2018 e não jogou os outros seis meses no Atlético. Ele tem 23 anos, tem que jogar, explicou.

Denílson virou símbolo dos critérios de contratações do ex-diretor de futebol do Galo, Alexandre Gallo. O longo contrato do jogador vem recebendo constantes críticas dos torcedores do clube pela baixa produtividade do jogador que não marcou nenhuma vez nas jogos em que entrou.