Yimmi Chará (Atlético Mineiro) COLOMBIA

Chará estará à disposição da seleção colombiana em amistosos na ásia na próxima semana-(Foto: Divulgação)

Valinor Conteúdo
18/03/2019
18:36
Belo Horizonte

Criticado pela comissão técnica do Atlético-MG pelo mau desempenho em campo, com a ausência de gols e números insatisfatórios segundo o técnico Levir Culpi, o atacante colombiano Yimmi Chará parece manter o prestígio na seleção do seu país.

O jogador foi convocado pelo técnico Carlos Queiroz Mesmo para defender a Colômbia em dois amistosos no fim deste mês, na Ásia, contra o Japão, em Yokohama, no dia 22 de março e no dia 26, entra em campo para duelar com a Coreia do Sul, em Seul.

Com essas partidas pelo seu selecionado, Chará desfalcará o Galo na quarta-feira, diante do Tupynambás, e nas quartas de final do Campeonato Mineiro, que será realizada no próximo fim de semana.

Chará foi chamado por Queiroz para ocupar a vaga de Juan Quintero, meia do River Plate, que teve Ele teve uma grave lesão no joelho nesse domingo, em jogo contra o Independiente, pelo Campeonato Argentino.

Chará vem sendo questionado pela comissão técnica que justifica a não escalação do jogador por não atender alguns requisitos exigidos como um bom número de gols ou até mesmo assistências.

-Você se lembra do último gol do Chará? Pois é. Tem coisas que são simples, tem que acompanhar os números e também a produtividade. Tem jogador que não faz muito gol, mas dá assistências. Diga-se de passagem, ele é um ótimo jogador. Mas ótimo jogador também fica no banco. Entram outros jogadores que não são tão bons, mas os caras tem números melhores, os caras entram e fazem gols. O que está no banco tem mais qualidade técnica, sabe dar assistência. Mas o cara que resolve é o que tem menos técnica- disse o técnico Levir Culpi.