Atlético-MG tem um dia especialmente para o seu torcedor, desde 2008, quando comemorou o seu centenário

Atlético-MG tem um dia especialmente para o seu torcedor, desde 2008, quando comemorou o seu centenário-Reprodução

Valinor Conteúdo
25/03/2019
18:19
Belo Horizonte

Nesta segunda-feira, dia 25 março, é o Dia do Atleticano. A data, instituída em 2008, ano do centenário do Atlético-MG, que completa 111 anos. O clube alvinegro é uma grande paixão do povo mineiro, com muitas emoções, seja com títulos ou simplesmente com a força do seu torcedor, o maior patrimônio alvinegro.

Gigante do futebol brasileiro e mundial, o Galo é Campeão da Copa Libertadores da América, primeiro campeão Brasileiro com esse nome do torneio nacional, em 1971, bicampeão da Copa Conmebol, maior campeão mineiro, com 44 conquistas, campeão da Copa do Brasil, entre outras taças de importância histórica para o clube e o seu seguidor. Em 2019, o Galo está em busca de mais um troféu da principal competição do continente sul-americano, participando pela sexta vez nos últimos sete anos.

São 111 anos de glórias e muita emoção, colorindo de preto e branco os estádios pelo mundo, com a torcida mais atuante e apaixonada do futebol brasileiro.

-Parabéns! Sinto-me orgulhoso de poder vestir essas cores, defender essa camisa, um clube de tanta tradição e conquistas importantes. Fico super feliz por fazer parte dessa história. Espero escrever novos capítulos de vitórias e dar alegria ao torcedor porque a torcida do Atlético é realmente a mais apaixonada do Brasil e é uma torcida diferenciada-disse o goleiro Victor ao se referir ao Galo, clube que joga desde 2012.

Outro ídolo atual, o atacante Ricardo Oliveira também parabenizou o clube e reforçou a emoção de vestir o manto alvinegro.
-Vestir a camisa do Atlético enriquece muito o meu currículo profissional. Dá um toque diferente na minha carreira porque sentir o calor do torcedor atleticano é, de fato, diferente. A paixão do torcedor atleticano é única e não tem, não dá para comparar. O Atlético enriquece muito a minha carreira profissional e sinto, agora de perto, vestindo essa camisa, como o torcedor atleticano é apaixonado pelo seu time. Então, é uma honra enorme poder estar fazendo parte dessa história gigantesca e, aos poucos, poder dar alegria ao torcedor- disse Ricardo, que vem de uma linhagem de grandes nomes do Galo com a camisa 9, como Reinaldo, o Rei da Massa, Diego Tardelli, Gérson, Dadá Maravilha, Guilherme. Ou ainda jogadores do porte de Éder Aleixo, Cafunga, Marques, Taffarel, João Leite, Luisinho, entre tantos outros.

O desafio atual do Galo é aumentar sua relevância esportiva e entregar para a sua apaixonada torcida mais conquistas, condizentes com a força da Massa, uma das maiores do país. Parabéns ao Clube Atlético Mineiro pelos 111 anos de vida.