Bruno tem sido relacionado constantemente por Jorge Sampaoli, mas deve voltar ao clube que o revelou

Bruno tem sido relacionado constantemente por Jorge Sampaoli, mas deve voltar ao clube que o revelou-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
08/09/2020
13:25
Belo Horizonte

A Chapecoense solicitou ao Atlético-MG o retorno do atacante Bruno Silva, que está emprestado ao Galo desde metade de 2019 como reforço para o time sub-20, mas que teve algumas chances na equipe principal.

Bruno atuou com Jorge Sampaoli em duas partidas do Campeonato Brasileiro e no primeiro jogo da final do Mineiro, contra o Tombense, além de ter sido relacionado para outros dois confrontos do alvinegro, contra São Paulo e Coritiba.

A volta do jovem atacante ao time catarinense não deve ser dificultada pelo Galo, porque a intenção de Sampaoli é ter atletas mais tarimbados para a posição.

Bruno Silva deve ficar na Chape até o fim da Série B, competição que a equipe de Chapecó ocupa a vice-liderança.

O Atlético-MG detém 15% dos direitos de Bruno e quer mais 35% do atleta. Por isso, ao ceder o jogador, o time mineiro quer manter a prioridade de compra futura.

Com um gol pelo profissional, Bruno Silva foi artilheiro da Copa do Brasil sub-17 em 2017, com sete gols, ajudando a Chape a chegar até a semifinal,chamando atenção do alvinegro.