Tomás Andrade

Tomás teve altos e baixos na equipe, mas não conseguiu uma boa sequência e jogos- (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
02/12/2018
17:36
Belo Horizonte

A temporada de 2018 se encerrou dentro de campo e o ano de 2019 já se iniciou no Atlético-MG. Após garantir-se na Libertadores, o clube iniciou o processo de remodelagem do seu elenco. O técnico Levir Culpi já havia dito que a equipe sofreria mudanças.

A “barca” de dispensas já tem dois nomes confirmados. O meia Tomás Andrade e o zagueiro Juninho, que estavam emprestados ao clube por River Plate e Palmeiras, não vão er seus contratos renovados.

Os contratos com o zagueiro e o meia terminam no fim deste ano. Ambos vieram com o valor dos direitos econômicos fixados, mas o Galo não vai exercer seu direito de compra e devolverá os dois jogadores.

Tomás Andrade fez 31 jogos com a camisa alvinegra e marcou três gols. Com a chegada de Levir Culpi, perdeu espaço no time. Já Juninho jogou apenas quatro vezes, sem marcar gols, não deixando boa impressão na equipe mineira.