Atletico MG x Corinthians

Hyoran entrou no jogo e foi o homem responsável pela virada do Galo contra o Timão (Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
12/08/2020
21:33
Belo Horizonte

A virada do Galo sobre o Corinthians foi expressiva e trouxe outra faceta do time de Jorge Sampaoli: o poder de reação em situações de dificuldade. Assim pode ser definida a vitória por 3 a 2 sobre a equipe paulista pela segunda rodada do Brasileiro.

Outro ponto que pode ser creditado ao triunfo atleticano é a força do seu elenco, determinante para o resultado positivo. O Alvinegro garantiu os 100% no campeonato, superando os dois clubes mais populares do Brasil. Domingo, o Flamengo; nesta quarta, o Corinthians.

E o símbolo maior do Atlético no duelo contra o Timão foi o meia-atacante Hyoran, que deixou sua marca duas vezes nas redes corintianas, após ser acionado por Sampaoli para o segundo tempo de jogo, quando o Galo perdia por 2 a 0. Nathan marcou o outro tento atleticano.

O jogador atleticano disse que o grupo estava bem preparado e que a performance no primeiro tempo foi aquém do que a equipe poderia oferecer. Porém, em 16 minutos, o “normal” do alvinegro apareceu, se impôs e colocou os mineiros à frente do placar até o fim do duelo.

- A gente sabe o que a gente trabalhou nesses dias todos. A gente sabia que podia render um pouco mais. A gente vinha criando no primeiro tempo, mas estava pecando no último passe, na finalização. Feliz de entrar, ajudar. O mais importante é a dedicação nossa do início ao fim. É uma marca do Atlético.
Vamos levar isso para todos os jogos - disse Hyoran, o artilheiro do jogo.

O Atlético volta a campo domingo, às 11h, contra o Ceará, no Mineirão, pela terceira rodada, com chances de assumir a liderança do Brasileirão 2020.