O Coelho não teve uma  boa estreia e acabou  sendo superado pelo Leão da Ilha

O Coelho não teve uma boa estreia e acabou sendo superado pelo Leão da Ilha-(Divulgação/Avaí)

Valinor Conteúdo
10/04/2022
21:03
Belo Horizonte

Avaí e América-MG fizeram um jogo “morno” na maior parte do tempo neste domingo, 10 de abril, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Ressacada em Florianópolis. O time catarinense foi um pouco mais eficiente e saiu com os três pontos ao fazer 1 a 0 np Coelho, gol de Raniele.

Além de fazer um jogo tecnicamente fraco por parte do América, o time foi prejudicado por dois lances de expulsão pouco responsáveis de Marlon e Matheusinho, que não ficou nem 10 minutos em campo.

Com dois homens a menos, o Leão da Ilha conseguiu manter o resultado e começar bem na Série A, com vitória, algo que não acontecia desde 2012. O América, favorito para o jogo, não mostrou nada perto do que havia feito em jogos grandes como na Libertadores.

O Avaí fez seu papel, conseguiu os pontos e quer almejar mais do que evitar mais um rebaixamento. Ao América, que busca se consolidar na elite nacional, perder para rivais diretos na luta contra o descenso é um sinal perigoso, mesmo sendo início de competição.
Próximos jogos

O Coelho recebe o Juventude no próximo sábado, 16 de abril, às 19h, no Independência. Já Avaí encara o Corinthians, fora de casa, no mesmo dia e horário do duelo do América.

Antes, o time mineiro encara o Atlético-MG na quarta-feira, 13, pela segunda rodada do Grupo D da Libertadores, no Independência.


FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

AVAÍ 1 X 0 AMÉRICA-MG
Data: 10 de abri de 2022
Horário: 19h(de Brasília)
Local: Ressacada, Florianópolis (SC)l
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques e Gustavo Rodrigues de Oliveira (ambos de SP)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Gols: Raniele, aos 6’-2ºT(1-0)
Cartões amarelos: Iago Maidana(AME), Pedrinho (AME), Guilherme Bissoli (AVA),
Cartões vermelhos: Marlon (AME) e Matheusinho(AME)

AVAÍ (Técnico: Eduardo Barroca)

Douglas Friedrich; Kevin, Bressan, Arthur e Bruno Cortez; Raniele (Jean Cléber, aos 28’-2ºT), Bruno Silva, Vinícius Leite (Eduardo, aos 19’-2ºT); Muriqui (Guilherme Bissoli, aos 35’-2ºT), Copete (Dentinho, aos 35’-2ºT) e Morato

AMÉRICA-MG (Técnico:Marquinhos Santos)

Jailson; Patric, Maidana, Conti e Marlon; Lucas Kal (Zé Ricardo-intervalo), Juninho e Alê (Matheusinho, aos 34’-2ºt); Pedrinho (João Paulo-intervalo), Everaldo (Carlos Alberto, aos 34’-2ºT) e Paulinho Bóia (Felipe Azevedo, aos 26’-2ºT)