Thaisinha, ponteira do Fluminense

Fluminense, de Thaisinha, venceu com autoridade na estreia na Superliga (Foto: Mailson Santana/ FFC)

Jonas Moura
15/10/2017
14:19
Rio de Janeiro (RJ)

A estreia do Fluminense na Superliga feminina de vôlei foi como a torcida gostaria. Com novidades em relação à edição passada, quando fez sua primeira participação na elite, o Tricolor não teve problemas para derrotar o BRB/Brasília Vôlei por 3 sets a 0, com parciais de 25-16, 25-16 e 25-19, no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro. 

Quem mais chamou a atenção foi a mineira Thaisinha, um dos principais reforços do time para esta temporada. "Baixinha" ao lado de suas companheiras, a ponteira de 1,74m roubou a cena nos ataques e nos saques para comandar o elenco do técnico Hylmer Dias. Ela recebeu o Troféu VivaVôlei de melhor jogadora da partida, por votação popular.

A equipe da capital federal, que perdeu um de seus patrocinadores e aposta em um grupo jovem, ofereceu pouca resistência nos dos primeiros sets. No terceiro, com a entrada de Pri Souza e boa participação da gigante Aline, o cenário mudou. Pela primeira vez as visitantes jogaram com alguma vantagem no placar. Mas Thaisinha liderou a reação tricolor para evitar maiores sustos. Com golpes potentes na diagonal, a atacante levou a torcida ao delírio.

"É Seleção", gritaram os torcedores do time da casa no fim do jogo para a jogadora.

– A equipe é ótima, está entrosada e começar vencendo é sempre bom. Não tem jogo fácil. Estou gostando muito de honrar a camisa Tricolor – disse Thaisinha.

Do outro lado, o técnico Sérgio Negrão e as jogadoras lamentaram a baixa quantidade de jogos de preparação antes da estreia na Superliga.

– As nossas jogadoras estavam nervosas e sentiram o fato de só termos feito três jogos amistosos antes da estreia na Superliga. Faltou ritmo de jogo e, por sermos uma equipe jovem, acabamos sentindo isso. Deixamos a desejar principalmente no saque e na recepção – explicou Sérgio Negrão.

O próximo desafio do Fluminense é contra o Vôlei Bauru, na próxima sexta-feira, fora de casa. O Brasília encara o Sesi-SP, no sábado, em Taguatinga (DF).