Jorginho e Zinho durante desembarque do Vasco nesta quarta-feira no Galeão (Foto: David Nascimento/LANCE!Press)

Jorginho e Zinho durante desembarque do Vasco nesta quarta-feira no Galeão (Foto: David Nascimento/LANCE!Press)

David Nascimento
01/06/2016
18:22
Rio de Janeiro (RJ)

Os jogadores do Vasco passaram a noite de terça para quarta-feira em Barueri (SP), retornando ao Rio de Janeiro apenas no início desta tarde. O desembarque aconteceu no aeroporto do Galeão pouco depois das 12h e contou com a presença de poucos torcedores. O técnico Jorginho foi o mais assediado e parou para tirar fotografias e distribuir autógrafos no saguão.

Nenê optou em não conversar com os jornalistas, assim como Rodrigo. Quem parou para falar com a imprensa no saguão do aeroporto foi o lateral-esquerdo Julio Cesar. Ele comentou sobre o empate na terça-feira diante do Oeste, em São Paulo.

– Queríamos a vitória na terça-feira, mas infelizmente ela não veio e empatamos (com o Oeste). Conseguimos mesmo assim manter a invencibilidade. Próximo jogo é contra o Goiás, não estão bem agora, mas podem estar no fim da Série B. Precisamos ter cuidado – afirmou, antes de completar sobre Nenê:

– Nenê é diferente de todos, decisivo. Qualquer clube gostaria de tê-lo no elenco. O nosso grupo está correspondendo. Isso é muito bom para um ano com muitas partidas.

A delegação do Vasco seguiu do aeroporto direto para São Januário, onde fizeram um trabalho regenerativo na academia fechado à imprensa. O lateral-direito Madson está em recuperação intensiva no Caprres para retornar sábado, contra o Goiás, em São Januário, já que Yago Pikachu está suspenso. A próxima atividade da equipe será na tarde desta quinta-feira.