David Nascimento
12/02/2017
21:31
Volta Redonda (RJ)

A ideia do Vasco era conseguir a classificação antecipada para a semifinal da Taça Guanabara. Mas os planos do técnico Cristovão Borges, na noite deste domingo, não surtiram o efeito esperado. No Raulino de Oliveira, os vascaínos foram derrotados por 1 a 0 pelo Volta Redonda, apesar de o time ter criado chances. A vaga, agora, será decidida no sábado, contra a Portuguesa, em São Januário – uma vitória simples classificará a equipe.

Cristovão Borges optou pela força máxima em campo. A dupla Gilberto e Kelvin, destaque na quinta-feira anterior, estreou como titular com a promessa de manter o ritmo. Entretanto, os jogadores do Vasco não esperavam que logo aos três minutos de partida, o Volta Redonda abrisse o placar com David, em chegada com velocidade e com nenhum vascaíno na marcação.

Atrás, o Vasco não sossegou e passou a dominar o Volta Redonda. Kelvin deu a movimentação tão solicitada por Cristovão Borges no setor ofensivo vascaíno, variando na direita e na esquerda. Uma contrapartida desta situação foi o fato de Kelvin não ter apresentado a mesma química na esquerda com Alan do que na direita com Gilberto. Mas nada que influenciasse o desenrolar.

Uma sequência perigosa do Vasco na busca do gol foi vista desde então. Aos 17, Nenê cobrou falta, a bola sobra duas vezes e no fim, Guilherme Costa concluiu por cima. Sete minutos mais tarde, Guilherme quase faz novamente em chegada de Kelvin. A blitz vascaína seguiu aos 29, 31, 33 e 35, mas Muriqui, Nenê, Guilherme e Rodrigo, respectivamente, não superaram o goleiro Douglas, do time do Volta Redonda.

Como o panorama do primeiro tempo foi positivo, Cristovão Borges, com razão, manteve a equipe para a segunda etapa. E viu no minuto inicial acontecer a primeira chance perigosa para o Vasco. Kelvin recebeu de Muriqui após passe de Nenê e tirou tinta da trave adversária. O treinador resolveu promover a estreia de Wagner para melhorar a finalização, mas o ritmo já não foi o visto nos 45 minutos iniciais e não deu tão certo como era o esperado.

Na pressão, o Vasco tentou o possível e o impossível, mas a bola teimou em não entrar. Cristovão Borges tem pela frente uma semana livre de treinamentos para não errar na decisão do próximo fim de semana. Mas o caminho não está errado.

FICHA TÉCNICA
VOLTA REDONDA 1 X 0 VASCO


Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data/hora: 12/2/2017 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Auxiliares: Carlos Henrique Alves (RJ) e Márcio Moreira de Queiroz (RJ)
Renda/público: R$ 167.370,00/6.498 pagantes
Cartões amarelos: Diego Souza, Cristiano (VOL) e Jean, Gilberto (VAS)

GOL: David 3'/1ºT (1-0)

VOLTA REDONDA: Douglas, Henrique, Luan, Felipe e Cristiano; João e Marcelo; Luís Gustavo (Higor Leite 26'/2ºT), Diego Souza e Pipico (Octávio 34'/2ºT); David (Diogo Alves 40'/2ºT). Técnico: Cairo Lima.

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Luan, Rodrigo e Alan (Escudero 28'/2ºT); Jean, Bruno Gallo (Wagner 10'/2ºT), Guilherme e Nenê; Kelvin e Muriqui (Éderson 17'/2ºT). Técnico: Cristovão Borges.