RADAR / LANCE!
15/06/2016
14:07
Rio de Janeiro (RJ)

O começo da caminhada do Vasco na Série B não deixa a torcida otimista apenas por feitos relacionados à história do clube. Com o triunfo por 3 a 2 sobre o Náutico, na noite de terça-feira, em São Januário, a equipe entrou para o panteão das melhores "arrancadas" de campeões no período de pontos corridos. 

Líder com 22 pontos (dois a mais que o Atlético-GO), o Cruz-Maltino tem campanha inicial inferior apenas ao Corinthians de 2008. O LANCE! detalha como foi o começo de caminhada de cada campeão da Série B desde 2006, e traz motivos para a torcida vascaína aumentar sua confiança.

2006- ATLÉTICO-MG - 71 PONTOS

Na campanha que culminou na volta à elite com título,o Atlético-MG iniciou a Série B com dificuldades. Em nove jogos, foram três vitórias, cinco empates e uma derrota, somando 14 pontos. Porém, o Galo começou a se soltar e chegou ao título com 71 pontos - sete a mais que o vice-campeão Sport.

2007 - CORITIBA - 69 PONTOS


Em uma Série B disputada ponto a ponto até a reta final, o Coritiba lidou com um "perde e ganha" em seu começo de caminhada. Dos nove jogos, a equipe triunfou em cinco, foi derrotado por três vezes e empatou em uma, obtendo 16 pontos.  Mas, ao final, a série de vitórias foi crucial para o Coxa, que somou 69 pontos, dois a mais que o Ipatinga.

2008 - CORINTHIANS - 85 PONTOS

Detentor da melhor campanha dos pontos corridos até o momento em edições de Série B, o Corinthians logo mostrou suas armas nas primeiras rodadas. Em nove partidas, foram sete vitórias e dois empates, com 23 pontos (única campanha a superar o início atual do Vasco). O Timão encerrou a competição com 85 pontos, incríveis 17 a mais que o Santo André.

2009 - VASCO - 76 PONTOS

Em sua primeira passagem na Série B, o Vasco demorou um pouco para engrenar. Após três vitórias consecutivas, o Cruz-Maltino teve uma derrota e a sequência complicada de cinco empates (não marcando gols em quatro partidas), somando 14 pontos. Porém, a equipe de Dorival Júnior foi se aprumando com o decorrer das rodadas e garantiu o título com certa folga: 76 pontos, sete a mais do que o vice-campeão Guarani.

2010 - CORITIBA - 71 PONTOS

Em nova volta olímpica na "Era dos Pontos Corridos", o Coritiba indicou que era um forte candidato ao título desde o início. Em nove partidas, foram cinco vitórias, três empates e apenas uma derrota, somando 18 pontos. A boa campanha contribuiu para a equipe paranaense obter 71 pontos, quatro a mais que o Figueirense.

2011 - PORTUGUESA - 81 PONTOS

Em sua trajetória rumo ao título da Série B, a Portuguesa não poupou forças desde as primeiras rodadas. A arrancada trouxe cinco vitórias, dois empates e duas derrotas, com 17 pontos conquistados. Sobrando a ponto de ser apelidada de "BarceLusa", a equipe do Canindé tornou-se a segunda melhor campanha dos pontos corridos, com 81 pontos, 17 a mais do que o segundo colocado, Náutico.

2012 - GOIÁS - 78 PONTOS

Em uma Série B bem disputada, o Goiás teve um início de caminhada até o título muito oscilante. Foram três vitórias, quatro empates e duas derrotas, somando 13 pontos na competição. Porém, a equipe foi se superando, foi campeão com 78 pontos, cinco a mais que o Criciúma. O último integrante do G4, Vitória somou 71 pontos (levando a melhor sobre o São Caetano no saldo de gols).

2013 - PALMEIRAS - 79 PONTOS

A luta do Palmeiras para voltar à elite do futebol nacional trouxe um dos inícios para lá de promissor. Foram sete vitórias e duas derrotas, somando 21 pontos em nove jogos. O começo impecável (bem próximo do atual Vasco) garantiu ao Verdão 79 pontos, sete a mais do que a surpreendente Chapecoense, e um acesso seguro.

2014 - JOINVILLE - 70 PONTOS

Em uma briga intensa pelo título da Série B, o Joinville viu seus resultados nas primeiras rodadas serem cruciais. Em nove jogos, foram cinco vitórias (uma delas por WO sobre a Portuguesa, na estreia), dois empates e duas derrotas, somando 17 pontos. A equipe catarinense ficou com 70 pontos, um a mais do que o vice-campeão Ponte Preta.

Disputando a Série B no mesmo ano, o Vasco chegou a fazer a mesma campanha oscilante da conquista de 2009. Porém, além das três vitórias, cinco empates e uma derrota no início, o Cruz-Maltino passou por frequentes tropeços no decorrer da competição, e subiu com um terceiro lugar, com 63 pontos.

2015 - BOTAFOGO - 72 PONTOS

O início da campanha do Botafogo na disputa pelo título da Série B também teve algumas semelhanças com a atual campanha do Vasco. Nas nove partidas iniciais, o Alvinegro levou a melhor por seis vezes, empatou outras duas e perdeu apenas um dos confrontos, somando 20 pontos. A "arrancada" contribuiu e muito para o acesso com título e tranquilidade: foram 72 pontos, cinco a mais que o Santa Cruz.