Ramon - Vasco

Ramon se emocionou em coletiva ao falar de lesão no joelho e agradeceu apoio (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Hugo Mirandela
30/10/2017
14:41
Rio de Janeiro (RJ)

O lateral-esquerdo Ramon teve grave lesão no joelho direito no clássico contra o Flamengo e só vai voltar a jogar daqui a cerca de seis meses. Apesar disso, a ideia da diretoria é renovar o seu contrato, que termina no fim do ano, após a eleição e se for reeleita. O jogador contou que o presidente Eurico Miranda o procurou ainda no sábado para tratar da questão e passar tranquilidade a ele sobre o seu futuro. 

- Já no próprio sábado o Eurico me procurou no vestiário, perguntou como eu estava e eu disse que parecia uma lesão séria. Ele me disse para ficar tranquilo, que não mudava nada em relação a expectativa que a gente tinha para renovação. Eu quero, o clube quer. Com o momento político do clube, isso iria se resolver depois da eleição. Mas ele pessoalmente me tranquilizou e disse que nada mudaria - disse Ramon em coletiva após o treino desta segunda-feira.

Ramon chegou na sala de imprensa de São Januário de muletas. O jogador se emocionou em alguns momentos ao falar da lesão e do que tempo que vai precisar ficar parado para se recuperar. No entanto, ele encara isso como uma prova e espera tirar lições dela. Ele usou como exemplo de superação Alan Ruschel, da Chapecoense, que sofreu acidente de avião em novembro e hoje já está jogando.

- Eu me apego a Deus. Encaro como uma prova. Se eu estou passando por isso, é porque aguento passar por isso. É uma coisa que hoje não sei o motivo, mas na frente eu vou ter essa resposta. Tenho como exemplo também os caras da Chapecoense. Os caras caíram de avião e estão jogando, esses dias estava marcando o Alan aqui em São Januário. E eu só tenho um problema que é sério, mas dos males, é o menor. 

O lateral-esquerdo garantiu que sua ficha já caiu e está com a cabeça boa para fazer o tratamento. Ele confia que com o trabalho do Caprres vai voltar ainda melhor em abril. Inclusive, ele 

- Com a estrutura do Caprres, com o trabalho que o Alex Evangelista faz, vou voltar melhor ou mais forte ainda para continuar minha carreira. Agora vou me recuperar, em abril estou de volta firme e forte. Não estou feliz, mas já assimilei o baque, minha ficha já caiu. Tenho que encarar isso e vou encarar de peito aberto. Se tiver que tratar 24h por dia eu vou fazer. Tudo para voltar a vestir a camisa do Vasco, que é o que mais quero - disse Ramon, que brincou com os companheiros dizendo que quer voltar na Libertadores.

- Até brinquei com o pessoal, falei 'se virem que eu quero voltar para a estreia da Libertadores'. Que o objetivo seja alcançado. Se for alcançado eu vou sair deixando o meu melhor, a minha vida dentro do campo e de cabeça erguida. Eu vou voltar muito melhor e mais forte - completou o jogador, agradecendo todo o apoio que vem recebendo. 

- Mas recebi um apoio muito grande de todos. Incrível o que fizeram nas redes sociais, até por isso pedi para falar hoje, porque queria agradecer. Eu li todas as mensagens, até direct que pensaram que não ia ler, eu li. Obrigado por me darem força para em abril estar de volta. Vou voltar bem, tenho certeza disso.