icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
10/02/2015
04:00

Visando fazer um treinamento intenso, Dani Nobile, fechou nesta segunda-feira patrocínio de um ano com a São Francisco Saúde. De acordo com a paratleta, o acordo contribuirá para sua rotina de treinos, que traz handbike, musculação, natação, arremesso de peso, lançamento de dardo e de disco. Para isso, conta com o apoio da São Francisco Saúde, que acaba de firmar contrato de patrocínio com a paratleta por um ano.

- Este patrocínio foi muito importante porque possibilitará minha participação em mais provas. A próxima meta será conseguir uma handbike que seja aceita em provas internacionais para intensificar meus treinos e melhorar meus resultados, especialmente no paraciclismo, que é o esporte que atualmente me dá mais chances de disputar uma vaga nas Paraolimpíadas.

Paraplégica desde 2012, quando sofreu um acidente de carro, Dani Nobile conta como foi se adaptar para manter em alto rendimento - mas, agora, no esporte paralímpico.

- Foi uma nova adaptação, precisei aprender a viver na cadeira de rodas e trocar temporariamente o esporte pela fisioterapia. Era uma vitória diária, cada dia era uma novidade. Mas não desisti, tanto que hoje sou embaixadora da prova Wings for Life no Brasil, corrida pela cura da lesão medular, no ano de 2015.

Campeã da Wings for Life Brasil, da meia maratona de Buenos Aires, primeira colocada nas etapas de SP e BSB da Golden Four Asics e vencedora das duas últimas etapas da Copa Brasil de Paracicilismo em 2014, Dani se mostra otimista quanto a novas emoções e novos bons resultados nesta temporada.

- Cada vez que eu termino uma corrida, eu tenho a mesma sensação da primeira vez. E é tão bom! A corrida e o esporte, de modo geral, foi o que me salvou emocionalmente, não deixando a tristeza me pegar, não permitindo que eu me entregasse e me dando um motivo para lutar. E para 2015 esperamos subir no pódio muitas vezes.