icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/02/2015
08:00

"É hoje o dia da alegria". Já no clima do Carnaval, que começa oficialmente nesta quinta-feira, o famoso samba-enredo da União Ilha do Governador, em 1982, encaixa-se perfeitamente no momento vivido por Nei antes do jogo do Vasco contra o Macaé, hoje à noite, às 19h30, em São Januário, pela quarta rodada do Campeonato Carioca. O duelo terá transmissão em tempo real no LANCE!Net.

A explicação é simples. Após passar um ano afastado e treinando separadamente dos companheiros, Nei foi escolhido pelo técnico Doriva para ser titular esta noite. Na verdade, a opção do treinador não foi das mais difíceis. Afinal, o lateral foi ajudado pelas lesões dos concorrentes (Jean Patrick e Madson) e virou o substituto natural para a posição.

Agora, tem a chance de mostrar aos torcedores e à diretoria que ainda pode ser útil, algo que prometera aos dirigentes na reunião que selou a reintegração dele ao elenco, no início deste ano. Como Madson deve ficar de duas a três semanas fora de combate, Nei terá de três a quatro jogos para tentar se firmar na equipe.

A afirmação em São Januário, aliás, foi algo que não aconteceu em 2013, ano que foi contratado. Naquela temporada, Nei disputou 27 jogos, todos como titular, mas passou longe de ser unanimidade entre os torcedores e até a comissão técnica. O então treinador Adilson Batista o afastou do elenco, que já tinha diversos problemas, nas rodadas finais do Brasileirão. Veio a segunda chance e, junto com ela, a oportunidade de mudar a imagem.

- O Nei é o jogador mais experiente que temos no elenco. Se as coisas não aconteceram bem no passado, isso é página virada. Todo mundo já esqueceu. Estamos vendo nele alguém que quer entrar na história do Vasco. Tem uma força de superação muito grande, dentro e fora do campo. Fisicamente, sempre trabalhou muito, até mesmo quando nem precisava, durante o ano passado. Por causa de tudo isso, merecidamente, ele vai jogar amanhã (quinta). A oportunidade surgiu após a lesão do Madson e espero que nos ajude muito nesta partida - elogiou Doriva.

Atualmente, Nei tem um dos maiores salários do elenco, com vencimento de R$ 150 mil. O lateral fica abaixo apenas de Guiñazú, que recebe quase R$ 200 mil, e o volante Sandro Silva, também reintegrado em 2015, que ganha R$ 170 mil.

FICHA TÉCNICA

VASCO X MACAÉ

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 12/2/2015 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)

VASCO: Martin Silva; Nei, Luan, Rodrigo e Christiano; Serginho e Guiñazú; Montoya, Marcinho, Bernardo e Rafael Silva - Técnico: Doriva.

MACAÉ: Ricardo Berna, Dos Santos, Brinner, Filipe Machado, Diego, Gedeil, Alisson, Juninho, Aloísio, Pipico e Giancarlo - Técnico: Josué Teixeira.