icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/04/2014
15:46

Ao deixar o campo do Beira-Rio após 26 minutos de atuação, Valdívia experimentava uma sensação dupla: a da satisfação pela primeira vitória no Campeonato Brasileiro 2014 e a alegria por ter correspondido em campo. O jovem meia foi chamado por Abel Braga no segundo tempo e ajudou o Inter a sustentar o 1 a 0 sobre o Vitória no último sábado à noite, estreando com três pontos na competição nacional. Minutos considerados "de ouro" pelo garoto.

Valdívia teve boa atuação no segundo tempo. O Colorado criou algumas chances com sua presença em campo e gastou tempo com a bola no ataque. Teve inclusive uma chance na cara de Wilson, mas diminuiu o ritmo na hora de dividir com o goleiro do Vitória.

– O Abel pediu para movimentar bastante, mexer pelo lados e ajudar na marcação. Era um momento decisivo do jogo, eles estavam tentando o empate. Acho que a gente conseguiu desafogar um pouco e equilibrar, até criando outras chances de gol. O mais importante foi o resultado positivo, que em casa é fundamental no Brasileirão – destacou o atleta.

Aos 19 anos, Valdívia vem conquistando espaço no elenco principal do Inter. Depois de estrear pelos profissionais no segundo semestre de 2013, sob a tutela de Clemer, na atual temporada ele já contabiliza sete aparições na equipe vermelha. Incluindo a titularidade no amistoso de reinauguração do estádio colorado, diante do Peñarol (URU), há duas semanas.

– Para mim, cada minuto vale ouro. É assim que eu encaro cada treino e cada partida. Claro que buscando sempre mais tempo. Sei que depende principalmente do que eu conseguir mostrar. A temporada está no início, temos um longo Brasileiro pela frente e, aos poucos, as chances vão aparecendo. Espero seguir sendo útil – completou.

Nascido em Jaciara, no Mato Grosso, Valdívia está há dois anos no clube gaúcho. Chegou em 2012 após a Copa São Paulo de Futebol Júnior, na qual consagrou-se artilheiro defendendo o Rondonópolis. Seu contrato com o Inter estende-se até 2018.