icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2014
20:01

Na última derrota do Brasil em uma Copa do Mundo em casa, a culpa recaiu principalmente sobre o goleiro Barbosa, incapaz de impedir os gols do Uruguai na final diante de mais de 200 mil pessoas no Maracanã. Desta vez, o vexame foi ainda pior, com o 7 a 1 sofrido para a Alemanha deixando os torcedores à lágrimas - como há 64 anos. Ainda que as falhas tenham sido coletivas, os sinais apontam para que Fred seja o vilão da vez.

Ainda quando o jogo estava 6 a 0, o atacante do Fluminense já era vaiado pela torcida no Mineirão quando pegava na bola. Após alguns momentos, Felipão o tirou para colocar Willian e as vaias aumentaram.

De fato, Fred não fez um bom Mundial. Após sofrer uma lesão grave na reta final do Brasileirão de 2013, o atacante recuperou a boa forma física durante o primeiro semestre, mas não conseguiu trazer de volta, com a camisa canarinho, o faro de gol da Copa das Confederações. Na Copa, ele fez apenas um gol, diante de Camarões e já vinha perdendo a confiança de Felipão, que testou o time sem ele e o tirou durante o jogo contra o Chile.

Durante a semana, as redes sociais se encheram de piadas comparando Fred a um cone. Houve ainda uma piada recorrente com a situação de Neymar, que machucou as costas e tinha dificuldade de andar. Muitos torcedores mandavam uma mensagem de apoio como se fosse de Neymar e, ao fim dela, escreviam "força, Fred" - sinalizando a falta de movimentação do jogador.