icons.title signature.placeholder Bruno Giufrida
04/11/2013
17:50

Após a derrota do Santos por 1 a 0 para o líder Cruzeiro, neste domingo, pelo Brasileirão, a torcida do Peixe perdeu a paciência e protestou na Vila Belmiro. Do lado de fora do estádio, depois das ofensas direcionadas aos atletas na porta do vestiário, o alvo foi o presidente Odílio Rodrigues, que, segundo torcedores, revidou os xingamentos. O mandatário, entretanto, nega.

- Raiva, muita raiva, de quem está ali apoiando e paga ingresso todo santo jogo, e ter que escutar isso – afirmou Diego Pierry, um dos torcedores que dizem que estavam presentes na saída do vestiário do Peixe, ao blog "Alvinegro da Vila".

O torcedor Junior Castro, que também estaria presente no momento do protesto, falou sobre o que ouviu em meio aos xingamentos a Odílio.

- Fomos lá cobrar os jogadores para terem mais raça, e aí saiu o presidente. Perguntamos para o presidente. ‘Está na hora de contratar, esse time está muito feio. Cadê os 40 milhões, Odílio?’. E o Odílio disse: ‘Vai tomar no c... todos vocês’ - explicou ao mesmo blog.

A assessoria de imprensa do Santos confirma que Odílio Rodrigues foi muito hostilizado. O presidente, contudo, por meio assessoria, negou qualquer tipo de resposta aos torcedores, afirmou entender o protesto e declarou amor ao clube.

- Eu não xinguei ninguém. O torcedor tem todo o direito de reclamar, eu também sou torcedor e estou trabalhando pelo Santos – explicou o mandatário.