icons.title signature.placeholder RNL / LANCEPRESS
01/11/2014
13:28

Na noite de 31 de outubro, a Desportiva-ES novamente passou pelo terror de ser derrotada pelo clube que mais a assombra no atual panorama do futebol capixaba. No primeiro jogo da semifinal da Copa Espírito Santo, a equipe grená não resistiu ao Real Noroeste e caiu por 2 a 0, no Estádio José Olímpio da Rocha, em Águia Branca (ES). Graças aos gols de Pedrinho e Stênio, os merengues capixabas chegaram à sua quinta vitória em cinco partidas contra o rival.

O primeiro gol nasceu aos 37 minutos, quando Pedrinho aproveitou uma finalização de Morotó e completou para o fundo da rede. A torcida do Real ainda vibrava quando, três minutos depois, Sténio cabeceou para fazer o 2 a 0.

Na etapa final, o Real Noroeste conteve as tentativas de reação da Tiva e garantiu a vantagem para o jogo de volta. A equipe poderá perder por um gol de diferença no Engenheiro Araripe, no próximo sábado (8 de novembro), que estará credenciada à decisão. Rio Branco-ES e Atlético-ES disputarão a outra vaga.

Na saída do gramado, o técnico Vevé lamentou a postura da Desportiva em Águia Branca.

- Demos muita bobeira no primeiro tempo. Não apresentamos aquilo que uma equipe que quer vencer precisa fazer - declarou, ao diário A Gazeta.