icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/03/2014
10:01

O Philadelphia 76ers não deixou os seus torcedores felizes na noite desta quinta-feira. Muito pelo contrário. A franquia da Pensilvânia perdeu para o Houston Rockets por 120 a 98, no Texas, e igualou a maior sequência de derrotas da história da NBA.

A equipe do técnico Brett Brown chegou a 26 derrotas em sequência, mesmo número registrado pelo Cleveland Cavaliers na temporada 2010/2011. Neste sábado, contra o Detroit Pistons, em casa, o Sixers pode obter o nada agradável recorde caso sofra mais um revés. Se chegar a 27 derrotas, será o recorde das quatro ligas do esporte americano (NBA, NFL, NHL e MLB).

Segundo o técnico Brett Brown, o mau momento do Sixers deve dificultar as negociações após o fim da temporada regular. Ele admite que será difícil o processo de reconstrução da franquia:

- Nenhum jogador agente livre (sem contrato) vai querer vir para Filadélfia neste estado. Por que um bom agente livre iria querer fazer parte de uma reconstrução?

No jogo da noite desta quinta, o ala-armador James Anderson bem que tentou impedir o vexame ao marcar 30 pontos na partida. Mas, uma atuação de gala do ala-armador James Harden, do Rockets, definiu o resultado. Harden anotou um triplo-duplo, com 26 pontos, dez rebotes e dez assistências.

Além do "barbudo", o pivô Dwight Howard também brilhou, com um duplo-duplo de 17 pontos e 13 rebotes, além de um incrível toco em Thaddeus Young. Terrence Jones ainda ajudou com 20 pontos e sete rebotes.

O Sixers tem apenas 15 vitórias em 72 jogos na atual temporada, ocupando a vice-lanterna da Conferência Leste, à frente do Milwaukee Bucks (14 vitórias e 58 derrotas). Já o Houston Rockets obtém 49 vitórias e 22 derrotas, na quarta posição na Conferência Oeste.