icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/07/2014
09:03

O dia 22 de julho está marcado para a relação do zagueiro Rhodolfo com o Grêmio. Há um ano, o jogador era apresentado na sala de conferência do Estádio Olímpico, em Porto Alegre, como novo jogador do time gaúcho. Identificado com o clube, o defensor mira agora a conquista de um título para coroar a rápida adaptação.

De lá pra cá, foram 53 jogos - 26 vitórias, 18 empates e nove derrotas - e dois gols marcados: contra o Vasco, no dia 13 de novembro, pelo Campeonato Brasileiro, e contra o Newell’s Old Boys, no dia 19 de março, pela Libertadores.

- Estou muito feliz no Grêmio. Minha felicidade será maior quando conseguir o primeiro título. Acho que fiz bons jogos, e todo jogo tento me esforçar e dar meu melhor. O Grêmio está quase terminando seu CT (no Humaitá, em frente à Arena), que está ficando muito bonito. É um clube grande, que tem uma diretoria competente. Nossa torcida é maravilhosa, fanática pelo clube, que nos apoia nas horas boas e ruins, e que coloca medo em qualquer time - exaltou Rhodolfo.

Melhor defesa do Brasileirão, o Grêmio busca romper um jejum de 13 anos e conquistar um título nacional, que não vem desde a Copa do Brasil de 2001. Em âmbito estadual, não ganha o Gauchão desde 2010. O camisa 4 acredita que o Tricolor caminha nos trilhos para levantar uma taça neste ano.

- Hoje somos a melhor defesa do campeonato e não estamos em terceiro pelo saldo de gols, mas estamos trabalhando muito para chegar nas primeiras colocações. O time está no caminho certo -finalizou Rhodolfo.

O elenco gremista volta a treinar na manhã desta quinta-feira, no CT Luiz Carvalho, no Humaitá. O clube gaúcho é sétimo colocado, com 19 pontos, mesmo número até o Fluminense, terceiro colocado, e está a um ponto do Corinthians, vice-líder.