icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2013
13:14

Após a vitória contra o Atlético Nacional (COL), na última quarta-feira, pela Sul-Americana, o técnico Muricy Ramalho acenou com a possibilidade de preservar Luis Fabiano do jogo contra a Portuguesa, neste sábado, pelo Brasileirão. Fato que foi confirmado pelo próprio treinador na entrevista coletiva desta sexta. Contudo, de acordo com o comandante, a palavra que define a situação do camisa 9 não é "poupar".

- É preparar. Se poupa jogador que joga muito. Mas não é, porque não estava jogando. Estamos preparando, senão ele não entra em forma nunca. Ele está jogando muito pouco para ser poupado - disse o treinador, depois do treino preparatório para o confronto com a Lusa, no Morumbi.

Embora tenha confirmado a ausência de Fabuloso, Muricy adotou mistério e não revelou outras mudanças que poderá fazer na equipe. De qualquer forma, o São Paulo que vai encarar a Portuguesa não deverá ter grandes alterações em relação ao time que vem atuando no Brasileirão: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Denilson, Maicon, Douglas e Ganso; Ademilson e Aloísio.

- Não dá para adiantar, mas pode ser que saia mais alguém sim. Estamos olhando os exames com carinho, a recuperação está demorada, a sequência foi dura. Uma hora acusa. Estamos conversando muito e vamos sentir. Se alguém não estiver apto para esse jogo, sai. Estamos pensando nesse jogo, não quarta. Não é por poupar. É para estar apto contra a Portuguesa, que é uma decisão - completou.

No primeiro turno, as equipes se enfrenaram no Canindé, na primeira partida do Tricolor após a viagem ao exterior para as Copas Audi, Eusébio e Suruga. Na ocasião, o São Paulo - então treinado por Paulo Autuori - perdeu por 2 a 1 e o goleiro e capitão Rogério Ceni ainda desperdiçou um pênalti.

Eu mando! Muricy explica saída de Luis Fabiano do time