icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/02/2015
14:06



O Flamengo contratou Pará para ser a sombra de Léo Moura, que tem o contrato terminando no próximo mês de maio. Nos primeiros quatro jogos deste ano, contra Shakhtar Donetsk, Vasco, São Paulo e Macaé, o técnico Vanderlei Luxemburgo colocou o atual capitão da equipe como titular e, nas quatro partidas, ele não teve uma boa atuação e acabou sendo substituído pelo ex-Grêmio. Enfim, nesta quarta-feira, diante do Barra Mansa, Pará começará como titular pela primeira vez (já que o camisa 2 está com dores) e isto não poderia acontecer em melhor momento. Mas é necessário mais...

Há muito tempo (muito tempo mesmo) que Léo Moura não vem conseguindo desempenhar um bom futebol dentro das quatro linhas. Sim, ele merece todo o respeito pela história construída dentro da Gávea, pelos mais de 500 jogos com a camisa do Flamengo, mas chega uma hora que é precisa se pensar no melhor do time e ele estava atrapalhando a equipe de chegar em seu melhor. Não considero Pará um substituto ideal de Léo Moura para a posição de titular, mas sim um bom reserva. Porém, como o Flamengo não tem um terceiro nome para a posição atualmente, melhor Pará ser escalado do que Léo Moura como titular.

A diretoria do Flamengo tem que começar a buscar um outro nome de maneira imediata. Tudo bem que durante o Campeonato Carioca já se tem dois nomes para a lateral direita - Pará e Léo Moura -, mas o contrato do camisa 2 termina em maio e não vejo condições de o mesmo ser renovado até o fim da temporada. Este nome tem que chegar para ser titular e acabar de vez com este problema que a equipe tem com a posição. Nem que usem alguém dos juniores nos profissionais a partir de maio, mas uma coisa tem que ser considerada como certa para o bem do time: não se pode renovar mais com Léo Moura.

E MAIS!
> Confiante, Arthur Maia espera melhora: 'A tendência é que a gente evolua'
> Após derrota, Flamengo vence o Minas e se recupera no NBB