icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/07/2014
11:06

Convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira sub-20 - que disputará o Torneio de Cotif, em Valencia, na Espanha, em agosto -, o zagueiro Rabello, das divisões de base do Botafogo, comemorou o feito e não conseguiu descrever o sentimento de estar na lista do técnico Alexandre Gallo.

- É a primeira vez que vou para a seleção brasileira e é uma sensação inexplicável. Quando eu recebi a notícia eu não acreditei, fiquei nervoso, mas sei que é fruto do trabalho. Lutei bastante, passei várias dificuldades e agora consegui ser convocado, um sonho desde criança - disse Rabello, de 19 anos, ao site oficial do Botafogo.

O zagueiro, peça importante na campanha que deu o título de campeão carioca de juniores deste ano ao Alvinegro, já realizou alguns treinamentos com os profissionais durante a temporada. E garantiu que se espelha nos zagueiros do elenco para evoluir como jogador de futebol. Porém, um deles recebe um olhar especial de Rabello - Dória, também de 19 anos, mas já titular há duas temporadas:

- Me espelho não só no Dória, mas no Bolívar e no André Bahia também, que são mais experientes. Miro no Dória, vejo o que ele conquistou e quero no mínimo o mesmo. Foi para a Seleção Brasileira, é titular absoluto no profissional e vive despertando o interesse de outros clubes. Ele é um grande jogador - analisou.