icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/12/2013
21:22

Após o sargento da Polícia Militar Adilson Moreira afirmar que a segurança dentro na Arena Joinville, no jogo entre Atlético-PR e Vasco, neste domingo, estava sendo feita por seguranças particulares por recomendação do Ministério Público de Santa Catarina, o órgão emitiu em seu site uma nota oficial negando a orientação.

A mensagem diz: "O Ministério Público de Santa Catarina informa que não fez nenhuma Recomendação ou Ação que impeça a Polícia Militar de atuar no interior do estádio Arena em Joinville".

Aos 16 minutos da primeira etapa, torcedores de Atlético-PR e Vasco invadiram uma área que separava os setores destinados às torcidas, iniciando uma briga que deixou três pessoas gravemente feridas - mas sem risco de morte - e paralisou o confronto por mais de uma hora. O Furacão venceu o jogo por 5 a 1, garantiu vaga na Libertadores de 2014 e rebaixou o Cruz-Maltino.

Imagens fortes! Veja a confusão entre torcedores de Vasco e Atlético-PR