icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/06/2014
15:50

Com apenas 26 anos, Wellington Silva é o lateral-direito mais experiente do elenco do Internacional. Mas a briga para a titularidade no setor está aberta, já que Gilberto ocupou o lugar no primeiro semestre. O camisa 2 não teme - inclusive, saúda - a concorrência e aposta em seu desempenho nos meses de Gauchão e Copa do Brasil para seguir no time.

Gilberto tem 21 anos. Está emprestado pelo Botafogo até o final do ano. Mesmo tempo que Wellington Silva, de 26. Por conta das diversas ausências do camisa 2 neste primeiro semestre, convocado para a Seleção Brasileira sub-21, o Colorado precisou recorrer a outros dois jovens, Diogo, 21, e Cláudio Winck, 20. O primeiro saiu de Alvorada, onde treina as categorias de bas, para o Maracanã praticamente sem escalas.

- A chegada dele (Wellington Silva) é importante para o grupo, é mais um jogador, uma experiência diferente que chega para ajudar a gente. Já mostrei para a torcida, os meus defeitos e características que tenho. O grupo e o professor me conhecem. Agora é o recomeço de tudo, vamos fazer essa intertemporada e deixamos na mão do professor decidir. Quem estiver no melhor nos treinamentos vai jogar - comentou Gilberto na manhã deste sábado.

O período de treinamentos terá a disputa particular dos dois laterais. Neste sábado, o elenco colorado fez um trabalho físico pela manhã e repete a dose à tarde. No dia 24, viaja para Florianópolis, onde fica 12 dias. No retorno, mais uma semana de treinos antes do duelo com o Corinthians, dia 17.

Em sua chegada, Wellington Silva garantiu que pretende permanecer mais que o tempo de empréstimo. Como tem contrato se encerrando no meio do ano que vem, quer permanecer já em definitivo com os colorados. O Colorado também terá que buscar a compra de Gilberto com o Botafogo, ainda que seja cedo para tratar da negociação.