icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/04/2014
19:48

Acostumado a jogar como segundo volante desde que subiu aos profissionais e atuando ao lado de Marcelo Mattos há um bom tempo, o volante Gabriel ainda não sabe como se posicionará na partida contra o Bahia, domingo, na Fonte Nova, às 16h. Tudo porque o técnico Vagner Mancini ainda não decidiu quem será o companheiro do camisa 15. Airton e Bolatti disputam a vaga.

- Claro que diferencia um pouco na minha forma de atuar. Com o Airton, saio mais para o jogo, e com o Bolatti fico mais preso na marcação. Mas isso depende da formação que for escolhida. Com quem jogar, darei meu melhor - garantiu Gabriel.

Apesar de ter se destacado como volante, Gabriel já atuou como meia e lateral-direito na carreira. Porém, ele afirmou que prefere mesmo atuar na proteção aos zagueiros:

- Já fiz boas partidas como primeiro ou segundo volante. E jogava de meia. Tenho essa facilidade também. Mas gosto de vir lá de trás e armar a equipe. Independe de posição.

Mesmo sem vitórias, Gabriel aprova primeiros jogos de Mancini