icons.title signature.placeholder Michel Castellar
13/07/2014
08:10

Desde que foi anunciado, em maio, como o novo técnico do Manchester United, Louis van Gaal pouco falou sobre a missão. Mas, na noite de sábado, ao concluir seu trabalho no comanda da Holanda, o treinador finalmente expôs suas primeiras ideias sobre o próximo desafio.

- Trabalhamos juntos por nove semanas e, todos os dias, ao término dos trabalhos, essa comissão técnica se reunia e conversava. Preciso tirar o chapéu para eles. Mas acho que os jogadores foram ainda melhores, porque formaram um grupo excelente. Espero que o grupo do Manchester United seja assim, porque precisamos começar alinhados - afirmou Van Gaal.

Apesar da intenção de ter o grupo em sintonia, o futuro técnico do Manchester United admitiu ser difícil ter o entrosamento com todos os jogadores. E, citou por exemplo, o fato de que, com certeza, perderá o contato com alguns atletas holandeses e classificou esse fato de normal.

Ao vencer o Brasil, por 3 a 0, na disputa pelo terceiro lugar da Copa do Mundo, no Estádio Nacional de Brasília - Mané Garrincha, a Holanda terminou, pela primeira vez, a competição de forma invicta, já que na semifinal foi derrotada nas cobranças de pênaltis pela Argentina. Indagado se acredita que repetirá a façanha à frente dos Diabos Vermelhos, Van Gaal disse ter por objetivo fazer o melhor.

- Não consegui com Ajax, Barcelona e no Bayern de Munique. Acho que perder faz parte do esporte. O que espero no Manchester é fazer o meu melhor. Espero que sim, de fato, aconteça - considerou o técnico da Holanda.