icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2014
15:11

O Corinthians fez um acordo com Ralf para pagar prêmios por títulos e luvas que estavam atrasadas. A dívida, de cerca de R$ 2 milhões, não foi quitada da maneira que jogador e clube haviam combinado.

Nesta quarta-feira, o camisa 5 do Timão confirmou que ainda há pendências, mas garantiu que o problema é deixado para fora das quatro linhas.

- Todos os clubes estão passando por um momento difícil. Vou fazer cinco anos de clube em janeiro e nunca passei por situações ruins. Sempre foram corretos e pagaram as dívidas. Tenho um valor a ser recebido, mas não vou deixar isso influenciar no meu trabalho. Deixo fora das quatro linhas - afirmou.

- Tenho conversado com o Edu Gaspar (gerente de futebol) e meus representantes. A dívida existe e não fujo disso. Meus representantes mandaram umas quatro possibilidades de pagamento para eles fazerem, e em breve tudo se acerta. O importante era eu me recuperar de lesão e voltar a ajudar o time – completou.

Aos 30 anos, o volante parece disposto a permanecer no Parque São Jorge. Nem mesmo o fato de nunca ter atuado no Velho Continente mexe com sua cabeça...

- Tive a oportunidade de jogar na seleção, não tive de ir à Europa. Acho que não é decepção. Estou feliz, falo em renovar, terminar aqui. Sempre respeitei os meus tempos de contrato e tenho o desejo de ficar por mais anos aqui. Estou tranquilo. Por mais que tenha ganho títulos pelo clube, quero ganhar mais - concluiu Ralf.