icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
11/11/2013
20:24

Novak Djokovic (2º do ranking mundial) é mais uma vez campeão das Finais da ATP. Na noite desta segunda-feira, na Arena O2 de Londres (GBR), o sérvio bateu Rafael Nadal (1º) e conquistou seu terceiro título, o segundo consecutivo - também havia vencido em 2008.

Em partida de 1h36 de duração, ele fez 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 6-4 para faturar o bicampeonato invicto.

Coma vitória, Djokovic impediu Nadal de conquistar o único grande título que lhe falta na carreira. Esta é a segunda derrota do espanhol na decisão das Finais da ATP. Em 2010, havia perdido para Roger Federer.

Djokovic alcançou a 22ª vitória seguida. Ele não perde desde a final do Aberto dos Estados Unidos, em setembro, quando caiu justamente ante o espanhol.

O JOGO

Novak Djokovic começou a partida agressivo e arrasador. O sérvio ganhou os dois primeiros games, quebrando o saque do Nadal no segundo, permitindo ao rival anotar apenas três pontos.

Na sequência, o sérvio contou com seu saque para fazer 3 a 0 e deixar Nadal em situação para lá de delicada.

E o placar, por pouco, não ficou 4 a 0 a favor do sérvio. No quarto game, quando o marcador estava em 30 iguais, Nadal cometeu uma dupla-falta, permitindo ao adversário ter mais um break point. Porém, conseguiu evitar a quebra para sair do zero.

No quinto game, foi a vez de Djokovic errar demais e ser quebrado. Em questões de minutos, a partida ficou 3 a 1.

No oitavo game, o melhor ponto da partida. Quando Djokovic tinha mais um break point, o espanhol acertou um forehand cruzado. Esticando-se todo, Djokovic conseguiu devolver e ainda acertou um lob. Com isso, conseguiu subir à rede e matar o ponto para ficar com 5 a 3.

Na próxima vez que foi ao saque, chegou a ficar com 0-30, mas melhorou o saque e fechou em 6 a 3 após um ace.

No segundo set, Djokovic quebrou o saque de Nadal no terceiro game e se colocou logo de cara em vantagem de 3 a 1.

Quando Nadal sacava com 5 a 3 contra no nono game, Djokovic teve seu primeiro match point, mas o espanhol conseguiu salvá-los contando com bons saques.

No décimo game, Djokovic só concretizou a vitória no segundo match point, após Nadal mandar para fora uma direita na cruzada.

*O repórter viaja a convite da ATP