icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/06/2014
20:31

Sem engrenar, Paulinho corre o risco de perder a vaga de titular na Seleção Brasileira. Depois da goleada sobre Camarões, o técnico Luiz Felipe Scolari fez elogios a Fernandinho, que entrou na vaga do camisa 8 no intervalo da partida desta segunda-feira, em Brasília (DF). Apesar do desempenho ruim, o meio-campista do Tottenham (ING) se diz em evolução e, mesmo diante da ameaça de ir para o banco, nega estar abatido.

- Cara, não fico chateado, não fico abatido. Venho buscando meus 100%, claro que ainda falta um pouquinho, mas vou buscar, entendeu? Na minha vida tudo sempre aconteceu de forma natural, soube sempre esperar meu tempo, minha oportunidade. Estou muito feliz pela classificação da Seleção, muito feliz pela atuação de como o Fernandinho entrou, porque em um jogo pegado é difícil. Agora é trabalhar, cara. Trabalhar para buscar a melhor forma - resumiu o jogador, na zona mista do Mané Garrincha.

Para mostrar tranquilidade, Paulinho citou entrevistas de Felipão e Parreira, que segundo ele consideram que o jogador está em evolução. Satisfeito com a parceria feita com Luiz Gustavo na proteção da defesa, o volante colocou nas mãos do treinador a sua ida para o banco ou permanência no time. O treinador, por sua vez, avisou que irá analisar nesta semana o que pode mudar até o jogo contra o Chile, sábado, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

- Como já disseram Felipão e Parreira em algumas entrevistas, eu estou em evolução, estou crescendo. Não cheguei ao ponto ideal, mas o mais importante, para mim, foi a forma que me comportei com o Luiz Gustavo, marcando. Não só eu, mas a equipe inteira fazendo aquilo que fizemos na Copa das Confederações, marcando forte, diminuindo os espaços - analisou.

- Falando de mim, foi importante por jogar mais forte, por voltar a atuar como foi na Copa das Conderações. Todos os 23 que aqui estão têm totais qualidades. Fernandinho, Willian... Todos, todos têm condições de serem titulares, e brigam por uma condição que é normal. É deixar na mão do Felipão, que sabe fazer a melhor escolha - encerrou.