icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2014
00:23

A histórica inauguração do Allianz Parque não aconteceu como a torcida da casa esperava. Na noite desta quarta-feira, o Palmeiras perdeu por 2 a 0 para o Sport no primeiro jogo oficial da nova arena. Entre os jogadores do Verdão, Nathan e Allione foram os dois com melhor atuação durante o confronto. Mas o destaque foi Patrick, autor de um golaço. Veja, a seguir, a análise feita pelo LANCE!Net:

PALMEIRAS, por Murilo Dias (murilodias@lancenet.com.br)

5,5
Fernando Prass
Era pouco incomodado em um jogo equilibrado. Porém, foi traído por sua defesa e não foi culpado pelos gols.

5,5
João Pedro
Deu espaço para os jogadores de frente do Sport e tem que corrigir sua marcação. Erra constantemente.

6,0
Nathan
Com boas antecipações, era o melhor do time. Cansado, foi facilmente driblado por Patrick no segundo gol do Sport.

5,0
Tobio
Lento em algumas jogadas, vinha de forma regular até deixar Ananias em condições de fazer o primeiro gol do Allianz.

4,5
Juninho
Começou o jogo nervoso e desatento na marcação. Exagerou nos erros e quase complicou o Verdão. Foi um dos piores.

5,5
Marcelo Oliveira
O capitão do Palmeiras na estreia do Allianz demonstrou nervosismo exagerado. Por pouco não foi expulso de campo.

5,0
Victor Luis
Vinha bem como volante, mas deu muito espaço para os jogadores do Sport. Falhou feio no gol de Patrick.

5,0
Wesley
Novamente não foi bem e pouco se empenhou para ajudar o Palmeiras. É um que Dorival tem que tirar do time titular.

4,5
Felipe Menezes
Juninho só não foi o pior porque ele estava em campo. Lento na distribuição, armou muito pouco e perdeu gol claro.

5,5
Diogo
No ataque, muito mal. Se salvou pela dedicação na marcação. Em muitas vezes cobriu Juninho pelo lado esquerdo.

5,5
Henrique
Recebeu poucas bolas, isso é fato, mas perdeu as chances que teve. Tomou "drible da bola" e errou muitos passes.

6,0
Allione
Qualquer coisa que fizesse seria melhor do que Felipe Menezes. Entrou com vontade, mas não conseguiu achar seu futebol.

5,5
Mouche
Entrou na vaga de Juninho, outro que não jogou nada. Levou perigo com algumas jogadas, mas nada especial.

5,5
Mazinho
Jogou cerca de dez minutos e pouco tocou na bola. Não ajudou em nada e sumiu no belo gramado do Allianz.

5,0
Dorival Júnior
Errou ao insistir em nomes como Wesley e Felipe Menezes e demorou para mudar o time. O Palmeiras não jogou nada.

SPORT, por Murilo Dias (murilodias@lancenet.com.br)

6,0
Magrão
Viu o time do Palmeiras errar a maioria das finalizações.

7,5
Patric
Apoiou bem e foi um dos mais perigosos da equipe do Sport. Atuação coroada com o segundo gol.

6,0
Ewerton Páscoa
Seguro na marcação, não pecou na partida .

6,0
Durval
Assim como seu companheiro, pouco errou. Regular.

5,5
Renê
Apareceu pouco no ataque. Poderia ter explorado melhor o espaço.

6,0
Rodrigo Mancha
Quase surpreendeu Prass com uma cabeçada.

5,0
Rithely
Apareceu pouco.

5,5
Danilo
Perdeu oportunidade clara de gol, após falha da defesa alviverde.

5,5
Diego Souza
Sonolento e preguiçoso na primeira etapa da partida, teve lances de brilho nos últimos minutos.

5,0
Mike
Produziu tão pouco que foi sacado no intervalo da partida.

5,5
Joelinton
Não levou perigo.

5,5
Felipe Azevedo
Pouco acrescentou ao já organizado Sport.

7,0
Ananias
Saiu do banco de reservas para fazer um gol histórico no Allianz.


Wendel
Pouco tempo em campo.

6,0
Eduardo Baptista
Disse que seu time não sentia a pressão da festa e assim o fez. O Sport mereceu vencer o jogo.