icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2014
10:19

A equipe do Sada Cruzeiro deixou as quadras do CT do Barro Preto no segundo dia de atividades da pré-temporada para Superliga, na manhã de quinta-feira. Os jogadores do time mineiro foram para um laboratório em uma faculdade de Minas para fazer uma bateria de avaliações fisioterápicos.

O intuito desses exames é de saber em quais áreas os jogadores precisaram de um trabalho específico como forma de prevenção de lesões. Com base nesses dados, departamento médico e comissão técnica criarão ações a serem realizadas individualmente.

– O Douglas Cordeiro, por exemplo, temos um histórico dele desde 2008, quando chegou ao time. Sabemos exatamente o que o atleta tem e como trabalhar a carga de maneira mais eficiente. São dados muito importantes para todos nós – disse o fisioterapeuta do Sada Cruzeiro, Alysson Zuin, dando um exemplo da função desses exames.

Os jogadores ainda passarão por exames laboratorias, de imagem e testes isocinéticos, tudo intercalado com o trabalho diário de preparação física e técnica.