icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2013
08:02

Após a vitória épica da Ponte Preta em Buenos Aires (ARG), por 2 a 0, contra o Vélez Sarsfield, o atacante Rildo celebrou a o resultado que levou a equipe para a semifinal inédita da Copa Sul-Americana, mas lembrou também que a equipe precisará do apoio da torcida na reta final do Brasileirão, onde luta para não ser rebaixada.

- Foi duro, a equipe deles com certeza era a favorita, mas acho que favoritismo não se ganha antes do jogo. Fizemos uma excelente partida, agora é esquecer e focar no Brasileiro. Ponte-pretano de verdade vai no estádio e incentiva, não fica xingando - disse o jogador, um dos destaques no estádio José Amalfitani, ao canal FoxSports.

Na 18ª posição com 34 pontos, a Macaca está a apenas dois pontos do Fluminense, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. No domingo, às 17h, o jogo é contra o Vitória, no Moisés Lucarelli. Já a próxima fase da Copa Sul-Americana será contra o São Paulo.

- Como falei, fomos azarões. Mas vamos ser até o final. Espero que não acabe por aqui - finalizou o camisa 7.