icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/04/2014
08:33

No empate em 1 a 1 contra o Flamengo, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca,  pode-se dizer que o Cuz-Maltino teve dois tempos bem diferentes. No primeiro, uma atuação bem mais consistente que a do rival. Já no segundo, a equipe parece ter sentido a expulsão de Everton Costa, que tomou o segundo amarelo logo no início da segunda etapa.

O técnico Adilson Batista exaltou as alterações que Jayme de Almeida fez no intervalo, mas destacou que o Vasco, em igualdade numérica ao adversário, foi superior.

- O Gabriel é diferente do Mugni, ele é bem mais veloz. Ganharam muito em mobilidade. No entanto, conseguimos neutralizar depois, não teve mais jogada. Mas, no chute de fora da área, mérito do Paulinho. Mas quando estávamos em igualdade numérica, vi o Vasco superior.

Vasco e Flamengo voltam a campo, para o segundo jogo da final do Campeonato Carioca, no próximo domingo, às 16h, no Maracanã.

Vasco e Flamengo empatam em jogo brigado