Novak Djokovic

Novak Djokovic. Crédito: André Valle

Tênis News
29/03/2016
20:03
Miami (Estados Unidos)

Atual campeão do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, o sérvio Novak Djokovic, líder do ranking da ATP, foi pressionado e em um jogo tático e muito intenso superou o austríaco Dominic Thiem, 14º, e se garantiu nas quartas de final, onde encara Berdych.

Djokovic precisou de 1h49 e muito drama para fechar a partida em 6/3 6/4 tendo convertido dois aces como o rival, que cometeu 40 erros não-forçados contra 34 do sérvio que disparou seis bolas vencedoras contra 15 de Thiem.

O jogo começou com Djokovic sofrendo para confirmar seu saque. O sérvio apresentou já no primeiro game da partida muita dificuldade de encaixar seu primeiro serviço e também executando saques com menor potência que o habitual. Mesmo assim Djokovic confirmou seu saque e quebrou o austríaco na sequência, após game ruim do jovem, e abriu 3/0 no placar tendo lutado por 10 minutos no terceiro game para sustentar seu saque.

A partida seguiu dura para o sérvio, que salvou breakpoint no quinto e sétimo games e sofreu por oito minutos no nono game para fechar a primeira etapa.

No segundo set, Djokovic seguiu com o mesmo ritmo, apesar de ter dificuldades no saque, defendeu-se muito bem nos breakpoints e pressionou Thiem, que nervoso, cometeu erros bobos. A afobação de Them lhe custou a quebra de saque no terceiro game e viu o sérvio abrir 3/2 no placar.

Sem se dar por vencido, Thiem devolveu a quebra no sexto game, convertendo apenas uma das 15 chances de quebrar o saque do sérvio que teve em toda a partida. Djokovic não baixou a guarda, buscou ser agressivo na devolução e viu o jovem austríaco fazer escolhas erradas com forehand e ter seu serviço quebrado mais uma vez.

O sérvio seguiu firme, administrando a vantagem. Pressionou Thiem no nono game, onde desperdiçou um breakpoint e lutou por 11 minutos para fechar a partida sendo sólido para salvar quatro breakpoints do rival e fechar a partida em seu quarto match-point.

Garantido nas quartas de final do Masters de Miami, Djokovic encara o tcheco Tomas Berdych, que sofreu para superar o francês Richard Gasquet em 6/4 3/6 7/5.

Djokovic e Berdych se enfrentaram 24 vezes no circuito profissional e o sérvio venceu 22 destes encontros. A última vez que o tcheco venceu o sérvio foi em 2013, pelas quartas de final do Masters de Roma. Desde então foram nove encontros com vitórias de Nole.