Bruno Cassucci e Marcio Porto
29/03/2017
06:25
São Paulo (SP)

Confirmada a vaga para a Copa do Mundo de 2018, agora a Seleção Brasileira traça os planos para o futuro até o Mundial da Rússia. O técnico Tite disse que a partir de agora abrirá o leque para testar jogadores que não vinham sendo chamados. 

- No momento de classificação, abrem-se perspectivas. Agora, como aconteceu contra a Colômbia, abre oportunidade para outros diversos jogadores atuarem. É processo para otimizar o grupo, para outras oportunidades acontecerem - afirmou o técnico, após a vitória por 3 a 0 sobre o Paraguai, que garantiu a vaga.

Também está nos planos da comissão técnica da Seleção a elevação do nível dos adversários. Por isso, amistosos contra seleções europeias devem ser priorizados a partir de agora.

- Não nos preocupamos em coroar trabalho ou ter um teste contra uma grande seleção, estamos pensando na preparação. Estamos preocupados em nos prepararmos da melhor maneira possível. Nesse sentido, nossa ideia é jogar contra seleções fortes, europeias, que estão bem, para que a gente possa se preparar e pegar escolas de futebol diferentes. Estamos na América do Sul, que tem uma característica, o europeu tem outra característica, o africano tem outra característica. Vamos com essa ideia de preparação, se Deus quiser buscar nosso objetivo para estar bem na Copa - firmou Edu Gaspar, diretor de seleções.


A Seleção Brasileira volta a campo agora no dia 9 de junho contra a Argentina, e no dia 13 contra a Austrália, ambas partidas na Austrália. Pelas Eliminatórias, o próximo duelo é contra o Equador, dia 31 de agosto, em casa. Há também um amistoso já marcado contra a Alemanha para o dia 17 de março, em Berlim.