Carlos Alberto Vieira
07/10/2016
00:03
Rio de Janeiro (RJ)

O Brasil goleou a Bolívia por 5 a 0 na noite desta quinta, na Arena das Dunas, em Natal, e segue em segundo lugar nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. O grande nome do jogo foi o atacante Neymar, autor de um gol, de uma assistência e atuação "exuberante". Confira as notas: 

BRASIL 

6,0
ALISSON
Exceto por algumas bolas levantadas na área e não rechaçadas pelos zagueiros, quase não teve trabalho.

7,0
DANIEL ALVES

Como o rival atacou pelo seu setor no início, ficou mais preso. Mas foi boa opção no apoio e apareceu no segundo gol.

7,5
MIRANDA

Seguro na marcação. Conseguiu anular bem Marcelo Moreno.

7,0
MARQUINHOS

Um pouquinho inferior ao seu companheiro de defesa, pois teve alguma dificuldade com as infiltrações de Arce.

7,5
FILIPE LUÍS

Apoiou bem mais do que Daniel Alves, aparecendo algumas vezes no ataque como elemento-surpresa e fazendo um gol.

7,5
FERNANDINHO

Não cometeu falhas defensivas e foi muito bem na distribuição de bola para os companheiros.

6,5
RENATO AUGUSTO

Um pouco mais preso, tentando fechar o miolo dos ataques bolivianos. Mas fez uma partida segura.

6,5
GIULIANO

Sempre bem colocado. Mas no apoio esteve um pouco inferior aos companheiros.

8,0
PHILIPPE COUTINHO

Veloz, dono de assistências refinadas e perfeitas, autor de um bonito gol, assistência para outro, e quase fez um gol de longe. 

8,5
NEYMAR

Embora tenha entrado na pilha rival, teve atuação exuberante. Um gol, duas assistências, grande jogadas.

8,0
GABRIEL JESUS

Parece veterano. Veloz, prático, nada fominha, deu um gol de presente para Neymar e fez o dele em passe do 10. Alto nível.

7,0
FIRMINO

Entrou no lugar de Gabriel Jesus e deixou o dele, que caiu na graças da torcida por causa do cabelo à Wesley Safadão

6,0
WILLIAN

Entrou na vaga de Neymar. Algumas boas jogadas pela direita. Mas sem grande destaque.

6,0
LUCAS LIMA

Jogou poucos minutos e por isso apareceu menos do que os companheiros.

8,5
TITE

Parece um mágico. Muda quatro jogadores, não tem tempo para treinos e consegue fazer o time jogar por música.

BOLÍVIA 
 
6,0
CARLOS LAMPE

Não tinha muito o que fazer co m todo o ataque do Brasil toda hora na sua frente. 

5,0
EDEMIR RODRÍGUEZ

Pouco técnico no apoio e levando um baile do ataque brazuca.

5,5
ZENTENO

O mais lúcido da defesa. Mas bate muito.

4,0
RALDES

Sua falha no primeiro gol matou a Bolívia.

5,0
BEJARANO

Um dos poucos habilidosos do time, levou baile pelo seu setor.

4,0
MELEAN

Violento e pouco habilidoso. Muito mal.

4,0
AZOGUE

Marcou mal. Era facilmente envolvido. Outro violento.

4,5
JHASMANI CAMPOS

Não conseguiu distribuir o jogo.

6,0
ARCE
 
O único que ousou algo.

4,0
DUK

Só foi visto quando deu a cotovelada que tirou Neymar do jogo.

5,0
MARCELO MORENO 

Sem ação contra a marcação do Brasil.

5,0
RAMALLO 

Pouco tocou na bola.

5,0
VACA

Só desarmou.

4,5
PABLO ESCOBAR

Pouco fez.

5,0
GUILLERMO HOYOS

Montou um time para a frente. Mas depois do primeiro gol a coisa desandou.