Maicon

Zagueiro Maicon, em treino do São Paulo (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

Bruno Grossi e Marcio Porto
29/06/2016
22:07
São Paulo (SP)

O São Paulo fechou a contratação do zagueiro Maicon por 6 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões) e a cessão de Lucão e Inácio ao Porto (POR), mas pode pagar um valor menor devido ao modo como amarrou a participação dos garotos. É que o valor cai para 5 milhões de euros (cerca de $R 18 milhões) caso o clube português queira ficar com mais 10% dos direitos econômicos da dupla de jovens além dos 50% que já adquiriu.

O São Paulo tem três anos para pagar 5 milhões de euros. No fim deste prazo, caso o Porto tenha optado por não adquirir os 10%, aí sim o clube brasileiro terá de desembolsar o outro milhão de euros. Essas informações foram passadas pela diretoria antes da partida contra o Fluminense, nesta quarta-feira, no Morumbi. O valor das parcelas a serem pagas em três anos não foi divulgado.

O São Paulo cedeu 50% de cada garoto ao Porto. Agora, o clube que tinha 75% de Lucão, passa a ter 37,5%. Com Inácio, era dono de 77% e agora fica com 38,5%. Para completar a parte dos portugueses, as outras partes que detinham direitos sobre o atleta também cederam parte de suas fatias.

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva também confirmou que Lucão e Inácio, ambos de 20 anos, viajam para Portugal nos próximos dias para assinar com o novo clube. O dirigente, assim como o zagueiro Maicon, comemoram o final feliz da novela.