LANCE!
31/05/2016
12:43
São Paulo (SP)

O São Paulo terá uma mudança sensível para encarar o Figueirense, às 21h45 desta quarta-feira, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Maicon, titular nos últimos quatro jogos da equipe na temporada, reclama de dores musculares na coxa direita e nem sequer treinou nesta terça-feira. Assim, Lucão deve ser titular ao lado de Lugano em Florianópolis.

A dupla de zaga foi testada em trabalho tático nesta manhã no CT da Barra Funda e não atua junta como titular desde o dia 10 de abril. Na ocasião, o Tricolor foi derrotado pelo São Bento por 1 a 0 em Sorocaba, na última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, e Lucão cometeu erro no lance do gol marcado pelos donos da casa. Já na estreia do Brasileirão, os dois iniciaram o duelo com o Botafogo, mas Lucão foi volante e Lugano atuou com Lyanco.


Além de Maicon, o setor defensivo de Edgardo Bauza também não deve ter Lyanco, fora de combate devido a quadro de amigdalite. O garoto Kal, recém-promovido do sub-20, deve ganhar chance entre os relacionados.

Há ainda uma nova chance de mudança entre os titulares, já que Kelvin também acusou desconforto muscular - na coxa esquerda - e participou só de parte do treino desta terça. Patón, então, testou o lateral-direito Auro na ponta, fazendo dobradinha com Bruno. Depois da atividade, o técnico explicou que Kelvin deve começar o jogo, mas que Auro está de sobreaviso.

Auro chegou a ser titular na ponta-direita sob o comando de Osorio em 2015, justamente em duelo com o Figueirense: 2 a 0 em Florianópolis

Assim, o São Paulo deve encarar o Figueira com Denis, Bruno, Lugano, Lucão e Matheus Reis; Thiago Mendes, Wesley e Paulo Henrique Ganso; Kelvin (Auro), Centurión e Alan Kardec. No Reffis, seguem os laterais Caramelo e Carlinhos, o volante Hudson e o meia Michel Bastos.

As atividades do dia ainda tiveram trabalho de bolas paradas, grande arma do Tricolor nesta temporada, e específicos para as posições. Enquanto volantes, meias e atacantes calibravam as finalizações com o auxiliar José Daniel di Leo, os zagueiros e lateral ficaram com o também auxiliar Pintado.