Lugano Evita falar sobre volta ao São Paulo

Uruguaio seria recebido pela torcida nesta sexta-feira no Aeroporto de Guarulhos (Foto: Bruno Grossi)

Bruno Grossi
08/01/2016
16:30
São Paulo (SP)

Não será nesta sexta-feira que o zagueiro Diego Lugano voltará para o Brasil para assinar com o São Paulo. O ídolo do Tricolor não conseguiu resolver problemas burocráticos da saída do Cerro Porteño (PAR) e relativos à mudança de país a tempo e não há previsão de quando tudo será solucionado. Antes, o beque era esperado às 21h40 desta sexta no Aeroporto de Guarulhos.

As passagens compradas para Lugano foram canceladas no meio da tarde e frustraram os planos de torcedores que se mobilizavam para recepcionar o ídolo em Guarulhos. O São Paulo informa que seguirá em silêncio até que toda a documentação seja reunida e o zagueiro de 35 anos esteja no Brasil para assinar contrato de até dois anos de duração.

O que ainda prende Lugano ao Cerro é uma mera formalidade. A liberação do clube paraguaia já havia sido resolvida na última terça-feira, mas nenhum documento fora assinado para formalizá-la. Prova de que tudo já está resolvido é que o uruguaio se despediu da torcida em entrevista coletiva e mensagens em redes sociais, além de ter dito que o pagamento pela rescisão deve ser feito com a realização de um amistoso entre São Paulo e o Ciclón.

Os outros entraves para o cancelamento das passagens têm a ver com a mudança do Uruguai para o Brasil. Lugano precisa de documentos para apresentar na embaixada brasileira em Montevidéu e, assim, ser liberado para morar na capital paulista. Depois, ainda será necessário tirar um visto de trabalho para poder treinar e jogar pelo São Paulo.