Bruno Grossi
29/11/2016
06:30
São Paulo (SP)

Nesta terça-feira, às 12h, Rogério Ceni seria apresentado pela diretoria como novo técnico do São Paulo. A conversa com a imprensa no prédio que recebeu seu nome em 2015 seria o símbolo do início de uma nova era no Tricolor. O evento, no entanto, foi adiado em respeito às vítimas do acidente com o avião que transportava a delegação da Chapecoense e jornalistas para Medellín, onde o time catarinense enfrentaria o Atlético Nacional (COL) na primeira decisão da Copa Sul-Americana.

O trabalho de Ceni, porém, está em andamento. E o clube já comemora os efeitos práticos e supersticiosos da chegada do Mito, que ainda não deve anunciar seu auxiliar

Os práticos são representados por negociações que se desenrolaram na última semana. Para tirar Sidão do Osasco Audax e da concorrência do Botafogo, por exemplo, a presença e o pedido de Ceni motivaram o goleiro a ficar a um passo de ser anunciado pelo São Paulo. O ídolo ainda pode ter peso importante na renovação contratual de Rodrigo Caio.

A pedido do ex-presidente Juvenal Juvêncio, o prédio que abriga as áreas de imprensa no CT foi batizado com o nome de Rogério Ceni

A primeira reunião do estafe do zagueiro com a diretoria terminou em recusa da oferta de aumento salarial. Uma transferência para a Europa, antes um objetivo, deixou de ser prioridade com a chegada do Mito como técnico. O ex-goleiro quer contar com Rodrigo, de quem sempre foi próximo nos tempos de atleta. O zagueiro e seus familiares se animaram. Acreditam em possibilidade de crescimento ainda maior com o novo treinador, que seria trunfo para chegar aos valores esperados para a renovação do vínculo do beque.

No campo da superstição, fica a estatística de 100% de aproveitamento dos pontos nos quatro jogos disputados por diferentes categorias do clube desde o anúncio de Ceni. No dia da contratação, na última quinta-feira, o técnico foi ao Morumbi e viu o sub-20 fazer 3 a 1 sobre o Bahia na primeira final da Copa do Brasil. No sábado, em Cotia, presenciou o título do Campeonato Paulista Sub-17. No dia seguinte, de novo esteve no CFA Laudo Natel para os 4 a 0 na primeira decisão do Paulistão Sub-20: 4 a 0 sobre o Capivariano. Horas mais tarde, seus futuros comandados viraram sobre o Atlético-MG na 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Esse ânimo elevado dos são-paulinos pode ser exemplificado pelo diretor-executivo Marco Aurélio Cunha. Em sua conta no Twitter, o cartola posou para “selfie” com Rodrigo Caio e escreveu: “O novo astral do São Paulo já começou. Vitória de virada fora de casa. Agora é terminar bem (o ano)”.