Ewandro jogador do São Paulo (foto Ale Cabral)

Jovem atacante estava no Atlético-PR, mas foi vendido à Udinese, da Itália (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

Bruno Grossi e Marcio Porto
23/06/2016
20:36
São Paulo (SP)

O atacante Ewandro, de apenas 20 anos, não é mais jogador do Atlético-PR. Emprestado ao Furacão por duas temporadas, o garoto foi vendido pelo São Paulo - clube que detém seus direitos - à Udinese, da Itália. A proposta do clube italiano de 3 milhões de euros (R$ 12 milhões) já estava oficializada. A venda foi confirmada no início da noite desta quinta-feira, por Carlos Augusto de Barros e Silva, presidente do Tricolor. Nesta quinta-feira, o técnico Paulo Autuori optou por cortar o garoto do jogo contra a Chapecoense, na Arena Condá. 

Segundo o mandatário do São Paulo, o clube do Morumbi ainda terá direito a 10% do jogador. E o Atlético-PR, por cláusula contratual, ficará com 25% do valor da venda do atleta à Udinese, cerca de 3 milhões de reais. 

Nesta edição do Campeonato Brasileiro, Ewandro marcou um gol e deu duas assistências para os companheiros do Atlético-PR. Em alta no clube paranaense, estava cotado para iniciar a partida contra a Chape, nesta quinta-feira, na Arena Condá. Ciente da situação do jogador, o técnico Autuori optou por cortá-lo do jogo. 

Emprestado pelo São Paulo no meio do ano passado ao Atlético-PR, fez 14 jogos do Campeonato Brasileiro e dois da Copa Sul-Americana pelo Furacão. Chegou a entrar em campo pelo Tricolor Paulista na Copa Libertadores de 2015, em apenas um jogo, contra o San Lorenzo (ARG). Foi formado nas categorias de base do clube paulista.