Carlinhos - São Paulo

Lateral-esquerdo Carlinhos, em treino do São Paulo (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Marcio Porto
06/12/2016
18:24
São Paulo (SP)

O lateral-esquerdo Carlinhos seguiu o caminho de Michel Bastos e não deve mais jogar pelo São Paulo. Assim como o meia, Carlinhos teve as férias antecipadas pela diretoria tricolor. Fora dos planos para 2017, a tendência é que ele seja usado como moeda de troca, mas também pode rescindir o vínculo que acaba no fim do ano que vem.

É a mesma situação de Michel Bastos, que também foi dispensado pela diretoria dos treinos desta semana, a última antes do fim da temporada. O camisa 7 também tem contrato até dezembro de 2017 e deve rescindir. Michel e Carlinhos foram agredidos por torcedores na invasão ao CT da Barra Funda em agosto - outro foi Wesley, que se recupera de uma lesão. 

O auxiliar técnico Pintado confirmou o afastamento dos jogadores e disse que Carlinhos e Michel, inclusive, já devem estar a caminho de outros clubes.

- O que eu posso analisar, e já entreguei isso à diretoria: não podemos discutir qualidade do Michel Bastos e do Carlinhos, eles já demonstraram que são bons. Os dois já devem estar empregados a essa hora do dia, assinando com outras equipes - analisou Pintado.

O técnico interino, porém, tirou da dupla o peso dos fracassos deste ano.

- Dentro das dificuldades que tivemos no ano, talvez eles tenham tido um pouco mais de dificuldade porque eles têm responsabilidade maior, peso maior. Infelizmente no futebol é assim, os que têm mais garrafa vazia para vender acabam pagando a conta. Dentro de um grande clube essas cobranças existem - afirmou.

O São Paulo se reapresentou nesta terça-feira com um treino em campo reduzido no CT. Pintado ainda não deu pistas do time que enfrenta o Santa Cruz no próximo domingo, no Pacaembu, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Além de Michel e Carlinhos, Kelvin e Cueva não treinaram. O atacante foi dispensado porque seu empréstimo chega ao fim em dezembro e não será renovado. Já o peruano foi liberado para fazer uma viagem que já estava marcada antes de a rodada ser adiada por conta do acidente com a Chapecoense. Ele retorna na quinta-feira.