Robson - São Paulo

Atacante fez apenas duas partidas como titular e não marcou nenhum gol (Foto: Angelo Martins)

LANCE!
19/10/2016
19:30
São Paulo (SP)

O São Paulo virou sobre o Fluminense, encerrou jejum de quatro partidas sem vitórias na temporada e abriu quatro pontos de distância para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Mas ainda há problemas para serem resolvidos no Tricolor. A começar pela seca de oito jogos sem nenhum gol marcado por atacantes do elenco.

A última vez em que um jogador do setor ofensivo foi às redes neste ano foi em 11 de setembro. Na ocasião, Chavez e Kelvin marcaram no triunfo por 3 a 1 sobre o Figueirense, no Morumbi - o meia Cueva, muitas vezes usado como ponta, também deixou o dele. Desde então, apenas volantes - Wesley e Thiago Mendes (dois) - e o zagueiro Rodrigo Caio (dois) conseguiram anotar os tentos.


Para tentar mudar a estatística desfavorável, o técnico Ricardo Gomes decidiu apostar em novidades no setor nos últimos confrontos. Contra Santos e Fluminense, Robson ganhou chances como titular. Também contra os cariocas, os garotos David Neres e Pedro foram observados, mas a seca persistiu. Uma nova tentativa será feita no sábado, às 17h, contra a Ponte Preta.

- Atacante vive de gols, mas se o Rodrigo, o Maicon ou o Thiago fizerem, a vitória também vem e isso que interessa. Mas para melhorar eu diria que é preciso ter mais calma no momento de finalizar. Eu crio essa expectativa pelo primeiro gol, mas tento manter a calma e trabalhar. Uma hora vai surgir e vou estar preparado. Tenho mais a fazer,  foi só o começo - avisou Robson.

O período de oito jogos sem gols de atacantes representa também o jejum vivido por Chavez, que estagnou com seis tentos pelo São Paulo. A lista de artilheiros na temporada segue com o "pódio" inalterado, com o Comandante perseguindo Paulo Henrique Ganso (sete gols) e Calleri (16) - ambos deixaram o clube no mês de julho.