Dupla é apresentada e veste a camisa tricolor

 Robson e Douglas (da esq. para a dir.) foram apresentados neste sábado (Foto: Divulgação/SPFC)

Marcio Porto
10/09/2016
14:24
São Paulo (SP)

O São Paulo apresentou neste sábado duas caras novas para o restante da temporada 2016: o zagueiro Douglas, que já treinava no clube desde julho, e o atacante Robson, que deixou o Paraná na disputa da Série B. Os dois tiveram discursos parecidos sobre entrar em campo logo para ajudar o Tricolor na crise.

A dupla ficará no banco de reservas neste domingo, contra o Figueirense, no Morumbi. A chance maior de estreia é de Robson, já que o ataque do São Paulo não anda bem. É o quarto pior do campeonato, com 23 gols marcados, apenas na frente de América-MG, Atlético-PR e Figueirense. Robson era o artilheiro do Paraná na Série B, com oito gols.

- Jogo mais pelas pontas, mas posso também ser centralizado. Quero ajudar o time logo. Venho pronto. A estrutura do São Paulo é a melhor que já vi. Farei de tudo para não desperdiçar essa chance, que é a maior da minha carreira - afirmou Robson.

Douglas seguiu pela mesma linha.

- Quero ajudar o time logo. Já tem um pouco mais de um mês que estou no clube e venho acompanhando tudo que está acontecendo. Estava muito ansioso para a situação o mais rápido possível. Eu me coloco à disposição do professor Ricardo Gomes - disse o zagueiro.

Depois de se desligar do Dnipro (UCR), Douglas chega com contrato de dois anos. Ele vestiu a camisa 16. O jogador passou por uma cirurgia no joelho direito no ano passado e não entrou em campo desde então. Ele explicou:

- Tive uma lesão em dezembro de menisco e tive de passar por um procedimento cirúrgico. Operei aqui no Brasil e tive de me recuperar na Ucrânia. Lá foi muito mal feita, a cobrança era grande para eu voltar rápido e queimaram várias etapas. Isso me atrapalhou muito. Perdi um semestre inteiro e por isso estava sem jogar até então. Mas felizmente pude vir para o São Paulo e não preciso falar da qualidade que os profissionais têm em relação a recuperação de atletas. Estou com fome de bola e espero que isso aconteça o mais rápido - declarou.

Já Robson estava atuando normalmente pelo Paraná. Ele chega emprestado até o fim do Paulista de 2017, com possibilidade de prorrogação após este período, e valores fixados. Ele vestiu a camisa 29.