Victor Ferraz

Lateral-direito é constantemente elogiado pela comissão técnica (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Russel Dias
31/03/2016
09:40
Santos (SP)

O Santos enfrenta a Ferroviária - nesta quinta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Paulistão - sem seus dois jogadores mais experientes: Renato (lesionado) e Ricardo Oliveira (poupado). Além de perder na qualidade técnica, o técnico Dorival Júnior também perde seus dois capitães e será obrigado a eleger um novo líder para usar a tarja.

Os maiores candidatos ao posto são o lateral-direito Victor Ferraz e o goleiro Vanderlei. 

O goleiro já usou a faixa em outras ocasiões, como quando o Peixe atuou com time reserva e ele foi o único titular em campo.  Já o camisa 4 é um dos líderes do elenco e tem a confiança da comissão técnica, que constantemente o elogia.

Recentemente, Dorival chegou a elogiar o ala publicamente e disse que, por sua postura e qualidade técnica, merecia chegar à Seleção Brasileira.

- Fico muito lisonjeado. Só tenho que agradecer a Deus pelas palavras do técnico Dorival Júnior, mas eu sei que depende muito do meu trabalho aqui. Eu preciso continuar tendo regularidade, jogando bem, com a cabeça focada aqui. É o clube que me acolheu e que tenho um carinho enorme. Eu quero jogar aqui por muitos anos. E eu sei que para jogar por muitos anos aqui precisa ser sempre alto nível, para conquistar títulos - respondeu Ferraz após os elogios do treinador.

Além destes, o elenco alvinegro conta com outros líderes, como Elano e David Braz, mas nenhum deles deve ser titular nesta quinta-feira. O meia, apesar de ter papel importante nos bastidores, está longe de ser uma das primeiras opções para o setor, já o zagueiro recupera ritmo de jogo, pois se recuperou recentemente de uma lesão de grau 2 na coxa esquerda, sofrida em dezembro, na final da Copa do Brasil.

Vanderlei, goleiro do Santos
Vanderlei já usou a faixa de capitão no Santos (FOTO: Ivan Storti)