Marquinhos Gabriel

Marquinhos Gabriel vive boa fase no Peixe, elogiado por Dorival Júnior e também por toda a diretoria (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Bruno Grossi e Gabriel Carneiro
09/11/2015
07:45
São Paulo (SP)

Santos e representantes do meia-atacante Marquinhos Gabriel já começaram as negociações para que o jogador de 25 anos permaneça na Vila Belmiro em 2016. Neste momento, todas as partes já têm conhecimento do interesse do jogador em ficar no clube e também da falta de recurso do Peixe para investir 4 milhões de dólares (R$ 15 milhões) na compra em definitivo. Por isso, estratégias de negociação estão sendo traçadas.

A principal delas é um reempréstimo do Al Nassr, da Arábia Saudita, para que Marquinhos Gabriel dispute a Libertadores de 2016 - caso o Peixe se classifique, via Brasileirão ou Copa do Brasil. Porém, o clube árabe sabe da necessidade de reaver seu investimento, e de acordo com as conversas do momento só toparia emprestar por seis meses, enquanto o Santos deseja mais um ano.

Segundo os árabes, o sucesso de Marquinhos neste novo período de empréstimo pode abrir portas para a próxima janela de transferências à Europa ou mesmo dar ao Peixe tempo de obter o recurso para realizar a compra dos direitos.

A respeito da compra para agora, as conversas ainda são embrionárias. O superintendente de esportes do Peixe, Dagoberto Santos, disse recentemente que o clube poderia fazer valer sua opção de compra, mas não há recurso para tal.

Nas primeiras conversas entre as partes, o Al Nassr mostrou estar flexível em relação ao preço de 4 milhões de dólares determinado no ato do empréstimo. Em janeiro o valor equivalia a R$ 10 milhões, e hoje já são R$ 15 milhões em razão das oscilações da cotação da moeda. O clube já sinalizou que toparia receber o preço total antes da variação, e agora a bola está com o Peixe para resolver se fará ou não uma proposta de compra.